coluna marcelo martins

Santa Maria terá maratona para buscar soluções para problemas da administração pública

Autor: marcelo martins

Santa Maria deve ter uma maratona de trabalho e de discussões que busquem soluções criativas e alternativas para velhos problemas da administração pública. Esse tipo de atividade cada vez mais usual, no meio empresarial, tem ganhado força no meio de órgãos governamentais. O Hackathon, como é conhecido e que significa "maratona de programação", deve ser replicado em Santa Maria até o fim deste semestre. A ideia é que em junho a atividade ocorra, o que tem sido tratado conjuntamente entre a prefeitura e o Tecnoparque.   

Leia outras colunas de Marcelo Martins

A prefeitura, neste caso, seria um case para mostrar problemas a serem solucionados. E o positivo deste tipo de iniciativa - que era, até então, comum a fóruns privados - é que quem queira contribuir, pode participar. Ou seja, é muito comum que empresários, empreendedores, acadêmicos, gestores (das iniciativas pública e privada) e hackers se somem às atividades. As atividades preveem a realização de debates, oficinas e cursos.

O positivo, se bem aproveitado, é que sejam apontados, por exemplo, aplicações práticas e eficazes na utilização de recursos públicos e de soluções e ferramentas que despontam mercado afora.

Além disso, durante a imersão, a palavra-chave é uma só: inovação. A ideia é que, além de gestores públicos e empresariado, especialistas em inovação, startups e cidades inteligentes agreguem valor e conhecimento à atividade.

Vale lembrar que, em 2009, a prefeitura junto com a Agência de Desenvolvimento de Santa Maria (Adesm) realizou uma atividade para "traçar a visão de futuro" para o município em 2020. Era o que, à época, se chamou de "A Santa Maria que queremos" e que virou, depois, um documento.

Mas, lá atrás, não houve uma execução de forma colaborativa de tudo que foi planejado. Agora, com o Hackathon, a ideia e o diferencial é que resultados concretos sejam materializados. Ou seja, uma startup, por exemplo, pode desenvolver de forma compartilhada - entre poder público e iniciativa privada - uma solução criativa, com um software, para enfrentar problemas da área da saúde.


Carregando matéria

Conteúdo exclusivo!

Somente assinantes podem visualizar este conteúdo

clique aqui para verificar os planos disponíveis

Já sou assinante

clique aqui para efetuar o login

Faculdade particular de Santa Maria trará curso inédito no vestibular de 2019 Anterior

Faculdade particular de Santa Maria trará curso inédito no vestibular de 2019

Para reitor da UFSM, declaração do presidente de tirar dinheiro de cursos das ciências humanas é 'preocupante' Próximo

Para reitor da UFSM, declaração do presidente de tirar dinheiro de cursos das ciências humanas é 'preocupante'

Marcelo Martins