parabéns!

Cinco municípios da região estão de aniversário nesta quarta

Autor: da redação


Cinco cidades da Região Central estão de aniversário hoje. São João do Polêsine, São Martinho da Serra, Pinhal Grande, Quevedos e Vila Nova do Sul completam 27 anos de emancipação, conforme a data em que foram publicadas as leis que tornaram ex-distritos em município. Afora as comemorações, as prefeituras inauguram obras, anunciam investimentos e falam sobre reivindicações.

Prefeitura esclarece boato de que aluno teria entrado armado em escola de São Gabriel

Pinhal Grande inaugurou ontem a ampliação da rede de esgoto, obra de R$ 937 mil que cobrirá 96% das residências. 
- É uma obra bastante significativa para o município - comemora o prefeito Luiz Antônio Burin (PSDB).

São Martinho da Serra também tem um projeto de saneamento básico. Conforme o prefeito Gilson de Almeida (PP), dos R$ 5 milhões obtidos com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), R$ 1 milhão já foi liberado. Também foi encaminhado financiamento de R$ 1,4 milhão para melhorias na Avenida Passo das Tropas.

A prefeitura de Quevedos, Neusa dos Santos Nickel (PP), destaca que o município depende economicamente da agricultura e, por isso, a grande bandeira da administração municipal é o acesso asfáltico.
- Essa luta pela ligação asfáltica é diária e, até o fim do mandato, queremos dar uma resposta à população. Nossa população que é tão hospitaleira e acolhedora - destaca a prefeita, uma das lideranças regionais na luta por estradas asfaltadas.  

Já em termos de investimentos, a localidade de Quebra Dentes, no interior de Quevedos, será a sede de uma central hidrelétrica da Havan.

O prefeito de São João do Polêsine, Matione Sonego (MDB), destaca a parceria da comunidade para a revitalização da Praça da Matriz. Se o projeto fosse bancado pela prefeitura, não sairia por menos de R$ 150 mil. No entanto, os moradores estão ajudando a arrecadar material e o Executivo entra com a mão de obra.

- É uma obra que, com a ajuda da comunidade, vai sair um terço do valor - diz o prefeito.

Em Vila Nova do Sul, o presente de aniversário é a ponte sobre o Arroio Laranjeiras, na localidade de Cambaí, no limite com Santa Margarida do Sul. A obra, segundo o prefeito José Luiz Camargo de Moura (MDB), custou R$ 2,2 milhões.

PERFIL DOS ANIVERSARIANTES
Foto: Divulgação 

Pinhal Grande

  • Onde fica - Na Quarta Colônia de Imigração Italiana, na Região Central  
  • População - 4,3 mil habitantes 
  • Base econômica - Agricultura e pecuária, com destaque para o plantio de soja e criação de gado de leite 
  • A origem e a emancipação - Habitada inicialmente por tribos indígenas, a área onde hoje está Pinhal Grande teve o domínio português intensificado a partir da primeira metade do século retrasado. O município também recebeu imigrantes italianos, que, juntamente, com portugueses e espanhóis, constituem as principais etnias de Pinhal Grande. Emancipou-se de Júlio de Castilhos e de parte de Nova Palma em 20 de março de 1992 
  • O nome - Está relacionada à mata nativa, especialmente à mata de pinhais 


Foto: Divulgação 

Quevedos

  • Onde fica - Na Região Central 
  • População - 2,7 mil habitantes 
  • Base econômica - Agricultura, com destaque para as lavouras de soja e fumo 
  • A origem e a emancipação - No início do século passado, as terras localizadas entre os rios Toropi e Toropi-Mirim começaram a ser povoadas e transformadas em pastagens para criação de gado. Emancipou-se de Júlio de Castilhos em 20 de março de 1992 
  • O nome - Está relacionado ao paulista José de Quevedo de Macedo, possivelmente primeiro morador das terras que deram origem ao município 
  • Programação - A programação de comemoração inicou no último final de semana, com as Olimpíadas Rurais e um baile. Hoje, ocorre um almoço no CTG da cidade e uma mateada na Praça Central


Foto: Sione Gomes

São João do Polêsine

  • Onde fica - Na Quarta Colônia de Imigração Italiana, na Região Central do Estado 
  • População - 2,5 mil habitantes 
  • Base econômica - Agricultura, com destaque para o arroz 
  • A origem e a emancipação - É um dos municípios da região que recebeu imigrantes italianos, a partir de 1877, com a chegada das primeiras famílias em Silveira Martins, berço da Quarta Colônia. Emancipou-se de Faxinal do Soturno em 20 de março de 1992  
  • O nome - São João é uma homenagem a São João Batista, padroeiro da localidade. Polêsine é uma menção às planícies do Rio Pó, no norte da Itália  
  • Programação -  A agenda comemorativa foi no final de semana, com um evento de motociclismo


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)

São Martinho da Serra

  • Onde fica - Na Região Central  
  • População - 3,2 mil habitantes 
  • Base econômica - Agricultura, principalmente soja, milho, feijão, arroz e trigo 
  • A origem e a emancipação - Teve início com o Forte de São Martinho, em 1774, e pertencia à Colônia Espanhola. Em 1777, o tratado de Santo Ildefonso estabeleceu uma linha divisória entre as terras da Espanha e de Portugal. Essa linha passava nas terras de São Martinho. O forte foi retomado pela Coroa Portuguesa em 1801. A povoação começa no final do século XIX, quando surgem os primeiros imigrantes italianos e portugueses, dando início à povoação de São Martinho. Foi elevado à condição de vila em 9 de maio de 1876, emancipando-se de Cruz Alta, porém, em 1901, o município foi extinto e seu território dividido entre Santa Maria e a então Vila Rica, hoje Júlio de Castilhos. São Martinho virou distrito de Santa Maria e só voltou a ter autonomia político-administrativa em 20 de março de 1992, quando foi oficializado novamente como município 
  • O nome - Ganhou esse nome devido ao Forte de São Martinho, que, por sua vez, tem a ver com a devoção a São Martinho de Tours 
  • Programação - Hoje haverá uma cavalgada no Piquete Teófilo Vargas a partir das 12h


Foto: José Pacheco (Divulgação)

Vila Nova do Sul 

  • Onde fica - Na Região Central 
  • População - 4,2 mil habitantes 
  • Base econômica - Agricultura 
  • A origem e a emancipação - Originou-se de um aglomerado de casas, no cruzamento das estradas de São Gabriel, São Sepé e Caçapava do Sul. Emancipou-se de São Sepé em 20 de março de 1992  
  • O nome - Em 1916, o então povoado de São João Velho é elevado à categoria de vila do município de São Sepé, com o nome de Vila Nova

Carregando matéria

Conteúdo exclusivo!

Somente assinantes podem visualizar este conteúdo

clique aqui para verificar os planos disponíveis

Já sou assinante

clique aqui para efetuar o login

Anterior

cappa

Próximo

Aniversário de São João do Polêsine tem programação com trilhas e shows

são joão do polêsine