IPE Saúde isenta coparticipação em consultas com urologistas durante Novembro Azul; veja como vai funcionar

Autor: *com informações do governo do RS

Os segurados do IPE Saúde com 50 anos ou mais contarão com um diferencial no mês de novembro: as consultas com urologista estarão isentas da coparticipação. A ação integra o Novembro Azul, campanha que busca a conscientização sobre o câncer de próstata e a importância de cuidados integrais com a saúde do homem


+ Receba as principais notícias de Santa Maria e região no seu WhatsApp


​Aqueles que se enquadram nos critérios podem procurar um médico credenciado da rede IPE Saúde e marcar a consulta. A isenção é garantida automaticamente e é válida para uma consulta por pessoa.


A campanha está sendo realizada pelo terceiro ano consecutivo e busca incentivar a procura por profissionais e os cuidados com a saúde para otimizar a prevenção às doenças masculinas, em especial com o diagnóstico precoce do câncer de próstata. 


Para realizar as consultas 

  • É necessário ter idade a partir dos 50 anos;
  • O IPE Saúde deve estar ativo; 
  • A consulta deve ser agendada, em novembro, na especialidade de urologia.

Câncer de Próstata

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos, é o segundo tipo mais comum. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento. 


O diagnóstico precoce desse tipo de câncer possibilita melhores resultados no tratamento e deve ser buscado com a investigação de sinais e sintomas como:


  • Dificuldade para urinar
  • Diminuição do jato de urina
  • Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite
  • Sangue na urina


Na maior parte das vezes, esses sintomas não são causados por câncer, mas é importante que eles sejam investigados por um médico.


O câncer de próstata é detectado pelo toque retal e por exame de sangue que avalia  a dosagem do PSA (antígeno prostático específico). No entanto, nenhum dos dois exames tem 100% de precisão, podendo ser necessários exames complementares.

Carregando matéria

Conteúdo exclusivo!

Somente assinantes podem visualizar este conteúdo

clique aqui para verificar os planos disponíveis

Já sou assinante

clique aqui para efetuar o login

Ministério da Saúde altera portaria que regulamenta os repasses para pagamento do piso da enfermagem Anterior

Ministério da Saúde altera portaria que regulamenta os repasses para pagamento do piso da enfermagem

Fungo causou infecção de 104 pessoas após mutirão de catarata Próximo

Fungo causou infecção de 104 pessoas após mutirão de catarata

Saúde