Informe comercial

São Gabriel Saneamento faz gestão com responsabilidade

Qualidade da água e responsabilidade ambiental estão entre as principais características da São Gabriel Saneamento, concessionária que faz o tratamento de água e esgotamento do município.

Diogo Brondani
São Gabriel Saneamento faz gestão com responsabilidade
Foto: Divulgação


Divulgação /

Qualidade da água e responsabilidade ambiental estão entre as principais características da São Gabriel Saneamento, concessionária que faz o tratamento de água e esgotamento do município. Muitas melhorias foram realizadas e, nas metas, planos que devem mudar a realidade gabrielense. A unidade da Terra dos Marechais tem como gerente o engenheiro químico Luiz Antônio Bertazzo (foto), o Didi, como é conhecido. Na entrevista a seguir, ele fala um pouco sobre a concessionária, desafios e metas. Confira: 

Marcas & Negócios - Como surgiu a concessionária e quais serviços são prestados?
Luiz Antônio Bertazzo - A São Gabriel Saneamento S.A é uma Unidade de Valorização Sustentável do Grupo Solví, que atua em quatro países desenvolvendo serviços diferenciados de gestão em engenharia. Assumimos a gestão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da cidade em maio de 2012, quando vencemos um processo licitatório, no qual fomos escolhidos para gerir os serviços por 30 anos, em regime de concessão, em um processo de licitação pública conduzido pela prefeitura.

Nosso propósito vai muito além de garantir que os investimentos e as melhorias necessárias à universalização dos serviços de água e esgoto no município se concretizem, somos um agente transformador na comunidade que estamos inseridos. Acreditamos que vendemos além de água e prestação de serviço, vendemos qualidade de vida. 

Marcas & Negócios - Quais melhorias e investimentos feitos?
Luiz Antônio Bertazzo - Nossos colaboradores são desenvolvidos para trabalhar com a excelência. Posso garantir que tivemos melhorias em todas as áreas de nossa competência. Temos uma das tarifas de água mais baratas do Estado, 25% menor do que era cobrado anteriormente. Reformamos a Estação de Tratamento de Água, automatizamos e realizamos telemetria dos sistemas de leitura de consumo, instalamos um gerador de energia, estamos construindo uma nova estação de tratamento de esgoto.

Hoje, temos uma destinação final do lodo do tratamento de água, implantamos um sistema de desidratação do lodo por Bag´s proveniente dos decantadores e filtros de lavagem do sistema de tratamento de água, que antes era todo descartado no Rio Vacacaí.

Além disso, estamos trabalhando na ampliação da rede de esgotamento sanitário (serão feitos mais de 140 quilômetros de novas redes coletoras de esgoto e 16 novas elevatórias). A meta de finalização é 2024, mas, até maio de 2021 já teremos 61% de cobertura. Atualmente, temos 19,3%. Neste projeto iremos investir R$ 60 milhões. 

Marcas & Negócios - Quais as principais obrigações da população para contribuir para um serviço seguro e de qualidade?
Luiz Antônio Bertazzo - As principais responsabilidades estão na ligação da rede coletora de esgoto. Em primeiro lugar, a residência deve ter uma caixa de gordura, para receber resíduos líquidos das pias de cozinha e que deve ser limpa periodicamente (resíduos devem ser colocados em recipientes como garrafas PET, e destinados junto ao lixo doméstico). Também é preciso usar tubos com dimensões adequadas (preferencialmente de PVC com, no mínimo, 100mm de diâmetro), com inclinação adequada. Outra dica é nunca ligar o escoamento da água da chuva na rede de esgoto. Em caso de chuva intensa, o encanamento pode sobrecarregar e provocar transbordamento no imóvel. Após a ligação do imóvel à rede coletora de esgoto, é necessária a eliminação de fossas, filtros biológicos ou sumidouros, se existirem. 

Marcas & Negócios - São feitas ações quanto à importância de preservar o ambiente?
Luiz Antônio Bertazzo - A gestão e visão sustentável começam dentro da empresa. Nossos colaboradores recebem treinamentos e palestras sobre como consumir de maneira correta os recursos naturais. No cotidiano da empresa, os valores ambientais são postos em prática. Nos banheiros, por exemplo, há secadores de mãos com ar, não é utilizado toalhas de papel. Isso, além de economizar papel, deixa de produzir lixo, contribui para a diminuição da exploração de recursos naturais (como a celulose) e do desmatamento e enfraquecimento dos recursos hídricos.

Com projetos sustentáveis que visam à preservação e conscientização, a empresa semeia valores importantes junto à comunidade. Desde arrecadação de óleo de cozinha, lacres e tampinhas de plástico, que são usadas como moeda de troca para compra de cadeiras de rodas adaptadas para prática esportiva, a São Gabriel Saneamento também realiza teatro e palestras em escolas e forma parceiras de iniciativas ambientais que ajudam a conscientizar e informar a população.

O Teatro dos Pampas e a ArtPet são exemplos de parcerias que a concessionária tem para promover a educação ambiental e estreitar os laços com a comunidade. É feito teatro nas escolas e arte com materiais recicláveis, onde a ideia de sustentabilidade e a preocupação com o planeta é fixada nas pessoas. Através da aproximação, conscientização e compromisso com o usuário e o meio ambiente, os laços são fortalecidos e a marca fica cada vez mais forte e consolidada. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190