chuvarada

Governador se reúne com prefeitos da região para fazer um balanço dos prejuízos das chuvas

Objetivo é agilizar a captação de recursos federais

da redação
Foto: Foto: Prefeitura de Rosário do Sul (Divulgação)
Prefeitos Rossano Gonçalves (São Gabriel, Zilase Rossignollo (Rosário do Sul) e Paulinho Salbego (São Francisco de Assis) estiveram ontem em Porto Alegre


Foto: Prefeitura de Rosário do Sul (Divulgação)
Prefeitos Rossano Gonçalves (São Gabriel), Zilase Rossignollo (Rosário do Sul) e Paulinho Salbego (São Francisco de Assis) estiveram ontem em Porto Alegre

O governo do Estado mobilizou municípios castigados pelos temporais com o objetivo de agilizar a captação de recursos federais para auxiliar os desabrigados. Os prefeitos de Rosário do Sul, São Francisco de Assis e São Gabriel, que possuem decreto de emergência homologado, foram recebidos nesta segunda-feira no Palácio Piratini.

- O Estado tem feito tudo o que pode, mas o volume de recursos para reconstrução das cidades deve vir do governo federal. Por isso, quanto mais nós conseguirmos nos articular e concentrar os esforços, mais força teremos em Brasília - afirmou o governador Eduardo Leite.

Chuva continua até o final de janeiro na região em volume menor

Segundo o coordenador da Defesa Civil, coronel Julio Cesar Rocha Lopes, para evitar que os prejuízos se intensifiquem, serão reivindicados na União recursos principalmente para horas-máquina voltadas à das rotas e, também, ajuda para que o Exército auxilie nos trabalhos sem onerar as prefeituras com custos - como combustível. Essas demandas pautadas na reunião serão levadas pelos prefeitos, juntamente com representantes do governo do Estado para Brasília, para a Defesa Civil Nacional e para o Ministério da Integração.

Já são 25 municípios castigados pelas fortes chuvas desde o dia 9 no Rio Grande do Sul. No total, conforme o balanço mais recente da Defesa Civil, são mais de 10 mil pessoas atingidas, sendo 5 mil desalojados, 1,5 mil desabrigados e 3,5 mil com danos em suas casas. Além disso, já foram registradas quatro mortes em virtude do mau tempo - duas em Alegrete, uma Santana da Boa Vista e a mais recente, no sábado, em Quaraí.

A boa notícia é que o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) cessou o alerta hidrológico para o Rio Grande do Sul, informando que há tendência de normalização do nível dos rios. No entanto, reflexos da cheia ainda poderão ser sentidos pelos próximos quatro dias em toda a região da Fronteira Oeste, especialmente no Rio Uruguai.

Saiba como ajudar famílias que foram atingidas pela chuvarada na Região Central

A Defesa Civil do Estado permanece em constante monitoramento e, em caso de alteração do cenário de risco local, novos alertas poderão ser emitidos.

VOLTA PARA CASA
Ontem, as 37 famílias, que estavam há mais de uma semana alojadas no ginásio da Escola Municipal Oliveiro Thaddeo, em Rosário do Sul, enfim, retornaram para casa. Obrigadas a deixarem seus lares em função da cheia do Rio Santa Maria - que chegou a ficar 8m80cm acima do nível normal - as famílias retornaram aos lugares onde moram em uma operação conjunta do Exército e da Defesa Civil, que começou por volta das 8h de ontem.  

Em São Gabriel, o Rio Vacacaí está 3m5cm acima do nível normal. Cerca de 600 pessoas atingidas pela cheia já estão em casa desde a semana passada. Segundo a Emater, as perdas na zona rural do município superam os R$ 170 milhões.

Evento técnico de manejo do arroz e da soja na Região Central do Estado ocorre dia 24

Em São Francisco de Assis, cidade de cerca de 20 mil habitantes, os maiores danos também se concentraram na zona rural. Segundo a Defesa Civil do município, a chuvarada atingiu quase 100% das estradas vicinais. As 16 famílias que precisaram sair de casa já retornaram as suas residências. 

Além dessas três cidades, Caçapava do Sul, Lavras do Sul e Santiago também assinaram decreto de emergência, mas ainda aguardam a homologação do governo do Estado. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190