liberação de recursos

Ministra da Agricultura anuncia R$ 2,5 milhões para municípios atingidos pela chuva

Tereza Cristina esteve em Uruguaiana onde ouviu reivindicações dos produtores rurais e anunciou recurso

da redação*
Foto: Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)

O governo federal deve destinar R$ 2,5 milhões para ser divido entre 18 cidades gaúchas que foram atingidas e registraram estragos em função das chuvas desse mês. O valor foi confirmado pelo Ministério do Agricultura, Pecuária e Abastecimento, nesta quinta-feira. O anúncio foi feito pela titular da pasta, ministra Tereza Cristina, durante uma reunião com lideranças na região, em Uruguaiana.

Governo federal reconhece situação de emergência em duas cidades da região

O valor será repassado para as prefeituras que têm em sua área assentamentos rurais - áreas loteadas e entregues a famílias sem condições financeiras de adquirir imóveis. Os recursos vão auxiliar, com a proximidade do início das aulas, no deslocamento de crianças, no conserto de pontes e na safra de pequenos produtores rurais. As lavouras de soja, milho e arroz tiveram o maior prejuízo contabilizado até esta quinta, segundo a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). A estimativa é de que as perdas passem de R$ 786 milhões.

Em reunião, na terça-feira, em Brasília, uma comitiva de prefeitos gaúchos esteve reunida com ministros para apresentar a situação de seus municípios e buscar recursos. Neste encontro, ficou definido que o governo federal repassaria R$ 24 milhões a serem divididos entre 24 cidades afetadas. Já na quarta, o Ministério do Desenvolvimento Regional confirmou o repasse de apenas R$ 4,5 milhões, a ser dividido entre 18 cidades - o que representaria R$ 250 mil para cada prefeitura. 

- Estamos bem temerosos porque o que foi combinado inicialmente foi bem diferente do anunciado pelo governo até agora. O que aconteceu foi que o governo voltou atrás, alegando que não tinha todo esse dinheiro que foi prometido. É um absurdo. Com esse valor de R$ 250 mil mal dá pra fazermos um aterro. Para ter uma ideia, tivemos um prejuízo de R$ 5 milhões só nas estradas e mais de R$ 23 milhões no meio rural. Parece que não vamos chegar nem perto desse valor que foi prometido inicialmente - relata o prefeito de São Francisco de Assis, Rubemar Paulinho Salbego (PDT), que esteve presente nas reuniões.

Conforme Salbego, a Defesa Civil também deve destinar um valor, mas não há previsão. Para ter acesso a recursos da Defesa Civil, os prefeitos precisam catalogar todos os prejuízos e elaborar um plano de recuperação para problemas estruturais enfrentados pelos municípios, como destruição de pontes e bueiros.

Município de São Vicente do Sul vai decretar situação de emergência, diz prefeito

Serão seis cidades da região beneficiadas com os recursos: Caçapava do Sul, Cacequi, Lavras do Sul, Rosário do Sul, São Francisco de Assis e São Gabriel. A ministra Tereza Cristina ainda afirmou que o Ministério da Saúde deve também destinar algum recurso para as áreas afetadas. 

*Colaborou Janaína Wille


fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
atendimento@diariosm.com.br
ouvidoria@diariosm.com.br
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190