Restinga Sêca

Envelhecimento será tema de curso no Recanto Maestro

Enfermeira especializada em saúde do idoso falará sobre políticas públicas para idosos

18.309


Foto: Gabriel Haesbaert (Diário)
Em 40 anos, população de gaúchos com mais de 65 anos saltará dos atuais 12,7% para 29%, diz pesquisa

Em 2060, segundo um estudo sobre o cenário demográfico do Rio Grande do Sul e do Brasil divulgado em 2019 pela Secretaria Estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão, a proporção de pessoas com mais de 65 anos saltará dos atuais 12,7% para 29%, em um processo inevitável de envelhecimento, o que exigirá mais políticas públicas direcionadas aos mais velhos.

Prefeitos, vereadores, secretários e demais agentes públicos terão a oportunidade de aprender mais sobre o assunto no curso Gestão de Programas, Projetos e Serviços para Idosos, que será ministrado no próximo dia 28, das 8h às 17h, no Hotel Beira-Rio, no distrito do Recanto Maestro, em Restinga Sêca.

A facilitadora é a enfermeira Cátia Siqueira, 41 anos, especialista em saúde do idoso e mestre em gerontologia, que acumula 20 anos de experiência na área de gestão pública. Cátia é de Jaguari e foi vereadora, prefeita interina e secretária de Saúde e de Assistência Social no município. As inscrições já estão encerradas, mas outro curso terá início em fevereiro.

Campanha da comunidade ajuda hospital de Cruz Alta

A especialista abordará temas como programas de envelhecimento, rede de apoio ao idoso deficiente, legislação e captação de recursos. Cátia conhece bem a realidade regional, tanto do Vale do Jaguari como na Quarta Colônia. Ela diz que falta conhecimento tanto dos gestores públicos como da população:

- O Vale do Jaguari é uma região bem envelhecida, e a Quarta Colônia, muito mais. O Rio Grande do Sul tem mais idosos do que crianças de zero a 14 anos, e a gente não despertou para isso. Nossos municípios estão envelhecendo e as prefeituras não estão acompanhando - pondera.

Cátia diz que há carências de cuidadores de idosos e de instituições de longa permanência, entre outras demandas não atendidas pelas prefeituras. Ela ressalta, ainda, que há muito preconceito por falta de conhecimento das pessoas.

VÍDEO: conheça o parque aquático de Júlio de Castilhos

- Temos dois grupos de pessoas: as que chegam aos 80 anos e as que estão passando. O preconceito ainda é muito grande no Brasil, onde se cultua o belo, o jovem. Mas as coisas estão mudando e, aos 30 anos, deveria ser a nossa primeira consulta ao geriatra - diz Cátia.

Jaguari é referência no Estado em ações voltadas ao idoso. O município tem Centro de Convivência do Idoso, Programa Municipal de Cuidadores de Idosos, Conselho Municipal e Fundo Municipal do Idoso. Além disso, aderiu ao programa federal Amigo da Pessoa Idosa e possui equipamentos públicos, como academias ao ar livre.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190