Segurança pública

Governo investe R$ 1,5 milhão em cercamento eletrônico de 23 cidades

Municípios assinaram a documentação durante o fórum regional em Júlio de Castilhos

18.309
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)

Foto: Pedro Piegas (Diário)

O governo do Estado vai liberar R$ 1,5 milhão para 23 municípios da Região Central investirem em cercamento eletrônico. Júlio de Castilhos, Ivorá, São Francisco de Assis, São João do Polêsine e Toropi assinaram a documentação na tarde desta segunda-feira, durante o 1º Fórum Regional O Papel dos Municípios na Segurança Pública. O evento foi realizado no Instituto Federal Farroupilha (IFFar), em Júlio de Castilhos.

O Fórum teve a participação do secretário estadual adjunto da Segurança Pública, coronel Marcelo Frota, que, na última hora, substituiu o vice-governador e secretário titular da pasta, Ranolfo Vieira Júnior (PTB), que não pôde comparecer. Ele também falou sobre o combate a assaltos a banco nas pequenas cidades, como aconteceu na última sexta-feira em Santana da Boa Vista. Veja mais no vídeo:


O encontro, que teve apoio do Diário, reuniu lideranças de 53 cidades representadas pela Associação dos Municípios da Região Centro (AM Centro) e Associação dos Municípios do Alto Jacuí para debater a responsabilidade das prefeituras e da comunidade na área de segurança pública.

Quarto assaltante de banco é preso na rodoviária em tentativa de fuga

O representante do governo do Estado defendeu a participação dos municípios no financiamento de ações. Frota citou como exemplo o Instituto Cultural Floresta, iniciativa de empresários, que vai destinar R$ 30 milhões para a compra de 150 viaturas policiais.

Quanto à atuação da Brigada Militar, Frota, que é policial militar da reserva, diz que o objetivo é tolerância zero.

 - Nossa orientação é de combate duro, mas a gente dá a opção do criminoso se render - diz o secretário adjunto.

Frota defendeu mais investimentos em inteligência, cercamento eletrônico e ferramentas como reconhecimento facial.

Municípios da região que têm direito a recursos da Consulta Popular de 2018 para investir em Segurança Pública:

  • Agudo - R$ 55,9 mil
  • Dilermando de Aguiar - R$ 55,9 mil
  • Dona Francisca- R$ 55,9 mil
  • Faxinal do Soturno - R$ 55,9 mil
  • Formigueiro - R$ 55,9 mil
  • Itaara - R$ 55,9 mil
  • Ivorá - R$ 55,9 mil
  • Jaguari - R$ 81 mil
  • Jari - R$ 55,9 mil
  • Júlio de Castilhos - R$ 55,9 mil
  • Mata - R$ 72 mil
  • Nova Esperança do Sul - R$ 79,5 mil
  • Quevedos - R$ 55,9 mil
  • Nova Palma - R$ 55,9 mil
  • Quevedos - R$ 55,9 mil
  • Santiago - R$ 124 mil
  • São Francisco de Assis - R$ 94 mil
  • São João do Polêsine - R$ 55 mil
  • São Martinho da Serra - R$ 55 mil
  • São Vicente do Sul - R$ 82 mil
  • Silveira Martins - R$ 55 mil
  • Toropi - R$ 55 mil
  • Unistalda - R$ 79,5 mil

Começa a obra de recuperação do asfalto entre Santiago e Bossoroca

O QUE FOI DITO NO FÓRUM REGIONAL
"Não basta prender o abigeatário. Tem que ver o receptador, o açougueiro que revende carne roubada, o restaurante que compra e vende o alimento de carne roubada, o marmiteiro"

 Marcelo Frota, secretário estadual adjunto da Segurança Pública.

"A Segurança Pública não permite chute. Não é para se colocar parente, amigo, colega de partido ou quem não se elegeu"
Luciano Azevedo (PSB), prefeito de Passo Fundo, palestrante.

"É sabido que a segurança pública é exclusividade do Estado, mas, nos últimos anos, tem mudado bastante. E com essa mudança de cenário os municípios começaram a intervir, principalmente no enfrentamento à drogadição, aos problemas de furto. Queremos saber do Estado: qual o papel dos municípios hoje?"
João Vestena (PSB), prefeito de Júlio de Castilhos.

"Vamos cercar quatro das cinco entradas da cidade"
Ademar Binotto (PP), prefeito de Ivorá.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190