na região

Polícia investiga suposta agressão a bebê de oito meses em Faxinal do Soturno

Conforme a polícia, as lesões podem ter sido causadas por uma queda da criança, agressão física ou até abuso sexual

18.398

A Polícia Civil investiga um caso de suposta agressão a um bebê de oito meses em Faxinal do Soturno. O caso chegou a conhecimento das autoridades na segunda-feira, quando a mãe, de 23 anos, que mora em Dona Francisca com um companheiro, procurou o hospital para atendimento médico ao bebê.

De acordo com informações da Polícia Civil, a jovem foi até um posto de saúde com a criança, e a médica acionou o Conselho Tutelar pois o bebê apresentava lesões nas nádegas. O menino passou por exames no Instituto Médico Legal (IML) de Santa Maria, mas o laudo ainda não ficou pronto. Após atendimento médico, o bebê voltou para casa com a mãe.

Conforme depoimento da mãe da criança, ela buscou o filho na casa dos avós do ex-companheiro, que moram em Faxinal do Soturno, retornando em seguida para sua residência em Dona Francisca. Mais tarde, ao realizar a troca da fralda do bebê, constatou que ele possuía diversas lesões nas nádegas e próximo das coxas e costas. Conforme a polícia, as lesões podem ter sido causadas por uma queda da criança, agressão física ou até abuso sexual.

Segundo informações da Polícia Civil, a mãe do bebê não tinha contato com o filho há cerca de 3 meses e, atualmente, mora com os demais filhos e com um novo companheiro.

O caso foi registrado em Dona Francisca, mas a delegacia de Faxinal do Soturno vai assumir as investigações. 

SEGUNDO CASO
Este é o segundo caso de agressão a um bebê registrado nos últimos dias na região. Na sexta-feira, um jovem de 21 anos foi preso preventivamente após suspeitas de que ele agrediu a filha, de três meses, em Cacequi. Segundo a polícia, o pai costumava ficar irritado com o choro da criança e, por isso, teria agredido-a. Após atendimento no hospital de Cacequi, a menina foi transferida para o Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), onde segue internada em estado estável. Ela teve múltiplas fraturas no crânio, na clavícula e no abdômen. 

*Colaborou Janaína Wille


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190