aulas

Escolas da região começam ano letivo neste mês em modelo híbrido

Instituições municipais vão receber alunos presencialmente, mas também manterão ensino remoto

18.297
Foto: Foto: Jefferson Lenz (Jornal Gazeta)

Foto: Jefferson Lenz (Jornal Gazeta)
Na
Escola Rosa Lazzarotto Arboite, equipe organiza retorno no modelo híbrido

Mesmo em meio a incertezas da pandemia de Covid-19, as escolas municipais da região começaram a definir o início do ano letivo de 2021. Em pelo menos seis cidades, o cronograma prevê que as aulas comecem ainda neste mês, mas seguindo o modelo híbrido, ou seja, com atividades presenciais e remotas. Os pais ou responsáveis não têm obrigação de mandar seus filhos às aulas presenciais e podem optar por continuar no ensino a distância. 

Em 11 meses de pandemia, região acumula 568 óbitos e 36,1 mil casos de Covid-19

Em São Pedro do Sul, por exemplo, o ano letivo na rede municipal começa nesta quinta-feira, com uma reunião online com os professores. Entre os dias 19 de fevereiro e 7 de março, os alunos podem realizar atividades domiciliares não presenciais, mas que só serão entregues entre os dias 8 e 19 de março. As atividades presenciais com os alunos começam em 8 de março, de forma híbrida e escalonada - 50% dos alunos serão atendidos presencialmente e o restante de forma online, e isso irá mudando a cada semana. Nas Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis), o atendimento não será feito em turno integral, mas sim a metade do número de crianças pela manhã e o restante pela tarde.

Para que isso aconteça, as instituições devem cumprir todos os protocolos estabelecidos. No município, uma das ações para o controle da Covid-19 será o monitoramento diário por meio de questionário impresso antes de iniciar as atividades. O transporte escolar poderá circular com 50% da ocupação.

Já em Ivorá, Jaguari, Mata e Santiago, o início do ano letivo começa nesta segunda-feira. No município de Ivorá, duas escolas municipais adotarão o ensino 100% presencial: David Simonetti e Duque de Caxias. Na escola Victor Wairich as atividades serão de forma híbrida, assim como na Emei Bem-Me-Quer. Para as crianças do Pré-A e B que utilizam o transporte escolar, o retorno das aulas será em 11 de março. As atividades para as crianças da creche e maternal só começarão dia 22 para aquelas famílias em que os pais ou responsáveis trabalham. A secretaria de Educação irá visitar as famílias de todos os alunos entre os dias 17 e 19 para esclarecer dúvidas.

Em Jaguari, toda a rede municipal será no modelo híbrido, e os atendimentos presenciais diários devem durar três horas e as aulas remotas terão uma hora diária de orientação, conforme a necessidade dos alunos. Tanto alunos quanto profissionais da educação que fazem parte do grupo de risco podem permanecer em home office, mediante comprovação de diagnóstico.

No município de Mata, também será adotado o modelo híbrido nas escolas municipais. Entretanto, até dia 5 de março as atividades serão somente de forma remota, e o revezamento de alunos presencialmente começa a partir do dia 8 de março.

Em Santiago, a rede municipal será no formato híbrido. A partir do dia 22 de fevereiro, as aulas começam para alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. A partir de 8 de março, retornam os estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Em 23 de março é a vez dos alunos do Jardim e Pré-escola. Os últimos a começarem as atividades são os maternais I e II, em 5 de abril, e berçários I e II, em 19 de abril.

Prefeitura de Dilermando de Aguiar seleciona estagiários

A secretaria de Educação vai distribuir, nesta sexta, um kit de material escolar para os alunos dos anos iniciais, por meio de um drive-thru na Estação do Conhecimento: a partir das 13h, para as EMEFs Sebastião Colpo e João Evangelista; às 14h, para as EMEFs São José e Severino; às 15h, para as EMEFs Geraldina Borges, Heron Ribeiro e Servindo Gomes; às 16h, para as EMEFs Silvio Aquino, Manoel Abreu e Tito Beccon; e às 17h30 para equipes gestoras, professores e colaboradores.

Na cidade de São Gabriel, o ano letivo começa em 25 de fevereiro, com os alunos do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais), mas somente de forma remota. O município planeja, inclusive, adquirir uma plataforma digital própria para a rede municipal. Não se descarta a implantação do ensino híbrido, mas ainda não há definição.

Em Unistalda, as aulas estão previstas para começarem em 1 de março, e a perspectiva é que o retorno ocorra com aulas presencias seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19.

SEM DEFINIÇÃO
No município de Lavras do Sul, um decreto de 3 de fevereiro estipula que aquelas escolas que não tem o Plano de Contingência aprovado pelo município ou Estado comecem o ano letivo só no formato remoto. Aquelas que estão autorizadas a voltar presencialmente devem realizar um plebiscito com os pais e responsáveis para decisão. Ainda não há data estipulada para as aulas de 2021.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190