contatos Assine
crise na saúde

Funcionários do hospital de Cacequi entram em greve

25 Janeiro 2019 21:09:00

Exames de eletrocardiograma e Raio X não serão feitos enquanto durar a paralisação

José Mauro Batista
Foto: Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Os funcionários do Instituto de Saúde e Educação Vida (Isev), instituição que administra o hospital de Cacequi, entraram em greve na tarde desta sexta-feira. Conforme a auxiliar de enfermagem Marta Barbo, o hospital vai funcionar com 30% de sua força de trabalho e manter os atendimentos de urgência e emergência. Os exames de eletrocardiograma e Raio X não serão feitos enquanto durar a paralisação. Também há indicativos de que os serviços de internação na ala psiquiátrica serão suspensos assim que os pacientes hospitalizados derem alta.

Jaguari é a 9ª cidade da região a decretar situação de emergência por causa da chuvarada

A greve, segundo Marta, é por tempo indeterminado, e foi decretada porque os salários estão atrasados. No final de novembro, os trabalhadores do hospital de Cacequi entraram em greve e, para encerrar a paralisação, fizeram um acordo em que o instituto se comprometia a pagar os atrasados, o que acabou não ocorrendo.

Marta não soube informar quantos funcionários estão parados, mas garante que "todo mundo" aderiu à greve.

- O pessoal vai continuar lá dentro. Vamos atender o que for possível, como urgência e emergência - diz Marta, informando que havia seis pessoas internadas no hospital, fora a ala psiquiátrica.

O plantão do hospital, que tem pouco mais de 40 funcionários (o número preciso não foi informado), funciona das 20h às 8h. São 30 leitos, sendo 10 na ala de Psiquiatria e 3 no Pronto-Atendimento (PA). A prefeitura repassa R$ 70 mil por mês para a manutenção do PA e está com os pagamentos em dia.

Já o Estado, segundo alega a direção do Isev, tem uma dívida de R$ 1,3 milhão com a instituição. Esse dinheiro estaria fazendo falta para o instituto quitar seus compromissos, incluindo os salários atrasados. A informação foi repassada na quarta-feira pela vice-presidente estadual do Isev do RS, Lucia Bueno.

FOTOS: Festa da Uva começou nesta sexta em São Sepé

O Instituto deve 60% do 13º de 2017, mais cinco parcelas referentes a salários e férias de todo o ano passado, além de metade do salário de novembro e todo o salário de dezembro. Não há informações de quanto seria essa dívida, atualmente. A diretora administrativa do Isev em Cacequi, Vera Elizabeth Lima da Silva, confirmou a greve.

CRISE NA SAÚDE 
O que vai parar 

  • Exames de eletrocardiograma
  • Exames de Raio X
  • As internações na ala psiquiátrica, que tem 10 leitos (assim que os atuais internos derem alta)

O que vai ser mantido

  • Atendimentos de urgência e emergência


fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
atendimento@diariosm.com.br
ouvidoria@diariosm.com.br
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190