Especial Prefeituras

Caçapava do Sul focada na indústria e no turismo

Diogo Brondani


 Terra onde viveram os índios Charruas no século XVIII, Caçapava do Sul é conhecida pela sua importância histórica e suas belezas naturais. Localizada em um ponto chave entre as batalhas farroupilhas ocorridas no Rio Grande do Sul, o território ganhou notoriedade pela participação na luta por ideais de liberdade e justiça, tendo recebido o título de 2ª Capital Farroupilha (1839 a 1840).
Atualmente, a cidade de cerca de 33,6 mil habitantes é referência em turismo rural e natural e na mineração, sendo responsável por 80% do calcário produzido no Estado. Pecuária e a agricultura também fomentam o desenvolvimento local.

INFRAESTRUTURA
O prefeito Giovani Amestoy, foi reeleito em 2020 e, para este segundo mandato, focou suas ações no combate à pandemia, na educação e na infraestrutura, dando continuidade a projetos já em andamento.
- Temos dois principais projetos além da saúde: um na educação que é a criação de uma segunda escola integral (já criamos uma) e a instalação de aparelhos de ar-condicionado em todas as creches. O outro é o calçamento nos bairros. Queremos calçar cem quadras. Já estamos fazendo isso, mas o ritmo foi diminuído por causa da pandemia. Há um déficit muito grande dessa questão. Ruas aqui bem próximas do centro ainda são de chão batido. Essa demanda é extremamente importante - pondera o prefeito.

SAÚDE
Conforme o chefe do Executivo, já foram realizados investimentos como a renovação de toda a frota da saúde (aquisição de 12 novos veículos) inclusive com a compra de uma UTI móvel, reforma das unidades de saúde e da sede do Samu, contratação de profissionais para atuação no pronto socorro, ampliação da farmácia pública municipal, criação do centro materno infantil, compra de uma unidade móvel que leva atendimento médico e odontológico aos moradores do interior, entre outros.
Quanto as ações de combate à pandemia, as iniciativas foram de direcionamento de verbas ao hospital e assistência à população, garante o prefeito Giovani Amestoy.
- Destinamos recursos para a ampliação na assistência e no combate ao Covid-19, como compra de materiais, medicamentos, aumento de leitos e aquisição de equipamentos de respiração. Também entregas de mais de 8 mil cestas básicas desde março do ano passado. É extremamente necessário auxiliar as pessoas com alimentação, pois muita gente teve queda de renda por causa da pandemia, principalmente após o fim do auxílio emergencial - destaca Amestoy.
veja mais reportagens sobre o especial prefeituras

PARA O FUTURO

Com respeito e valorização a sua história de 189 anos, Caçapava do Sul mira o futuro. É um município que tem amplo potencial para desenvolver-se ainda mais no turismo, na indústria, na agropecuária e na educação, com objetivo de garantir melhores oportunidades e qualidade de vida aos seus moradores. Para isso, o prefeito Giovani Amestoy considera que é preciso um objetivo único.
- Para que tenhamos a cidade que imaginamos daqui a 50 anos, precisamos trabalhar hoje. Organizar junto com a comunidade um projeto em que a população diga para onde devemos desenvolver a nossa Caçapava. Seja através das indústrias de calcário, do potencial turístico, com projetos junto da Unipampa, que já tem sido fundamental para a construção de novos objetivos, com mais investimento em infraestrutura, em saneamento, em modernização e incentivo aos empreendedores, enfim. Precisamos que as pessoas imaginem o futuro da cidade e que trabalhemos todos juntos para que o resultado apareça futuramente - avalia Amestoy, garantindo que será necessário também uma reorganização para os reflexos econômicos, sociais, sanitários e psicológicos que serão deixados pela pandemia.


PERFIL

  • Localização: Região Central - Zona da Campanha
  • População: 33,6 mil habitantes
  • Matrizes econômicas: mineração, agricultura e pecuária. É responsável por 80% do calcário produzido no Rio Grande do Sul
  • Atrativos: Pedra do Segredo, Cascata do Salso, Minas do Camaquã, Guaritas, Morro da Angélica, Forte de Dom Pedro II, Casa de Borges de Medeiros, Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190