Informe Comercial

O pedestre também tem responsabilidades no trânsito

Diogo Brondani



Para segurança no trânsito, tanto motoristas quanto pedestres precisam respeitar sinalização e as leis que visam melhor organização para fluxo de todos. Se engana quem pensa que quem anda a pé pelas ruas não tem responsabilidade. A campanha #EuMereçoUmTrânsitoSeguro, que vai até amanhã e tem apresentação do CFC Ativa, patrocínio do Posto Ferrari e apoio da Sulclean, mostra nesta segunda reportagem, a importância de o pedestre também obedecer às regras das vias.

Consciência de que é necessário ter responsabilidade e cautela ao andar a pé pelas ruas são fundamentais para a segurança. O pedestre deve entender seu papel no trânsito, pois é uma parte importante dele. Muitas pessoas, ao se tornarem motoristas, esquecem da fragilidade de quem está ao redor e isso tem se tornado, cada dia mais, motivo de acidentes. A instrutora teórica do Centro de Formação de Condutores (CFC) Ativa, Débora Brum Lopes, reforça a importância da educação no trânsito.

- Antes de tudo, todos devem ter consciência do seu papel. O pedestre, para sua segurança, precisa atravessar a rua na faixa. E olhar para os dois lados antes. A partir de uma distância de 50 metros longe da faixa, o pedestre pode fazer a travessia, mas com muita atenção e linha reta - destaca Débora.

Além disso, a profissional salienta que os motoristas precisam ficar atentos aos movimentos dos usuários que andam a pé.

- Condutores, a orientação é que cuidem as pessoas, principalmente quanto aos idosos, eles andam mais devagar ao atravessar. É preciso paciência, tolerância com eles que não têm mais os reflexos tão apurados - recomenda.

MOTIVOS

Falta de atenção, desrespeito às normas de trânsito e quantidade insuficiente de calçadas e faixas para pedestres são apontados como principais motivadores da grande incidência de ocorrências, segundo estudos. Além disso, ainda são poucos os motoristas que param ao ver um pedestre fazendo menção de atravessar. Em geral, quando um condutor faz isso, os carros que vêm na sequência têm grande risco de bater atrás, por não estarem esperando aquele movimento.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), "os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela incolumidade dos pedestres". No entanto, o que tem prevalecido é a cultura do mais forte. A realidade é que as pessoas deveriam respeitar a lei só pela cidadania, e não pela punição.

Plano Diretor de Mobilidade é essencial, diz especialista Para o doutor em Mobilidade Urbana, professor Carlos Félix, um Plano Diretor de Mobilidade seria um grande contribuinte para a construção de uma nova e mais otimista perspectiva, sobre como melhorar a situação problemática e viabilizar um sistema de mobilidade urbana capaz de favorecer e facilitar as pessoas. Além disso, implicaria na redução de gastos energéticos e custos econômicos, numa tentativa de tornar a cidade mais agradável e sustentável proporcionando uma melhor qualidade de vida à população.

- Os novos tempos conduzem a novos pensamentos sobre mobilidade urbana, as diretrizes ficam voltadas para uma 'Cidade para as Pessoas' que todos possam usufruir de todo o potencial da cidade, onde deve haver acessibilidade, deslocamento de forma tranquila, sustentável e integrada entre sociedade, economia e meio ambiente. Como em todos os lugares a infraestrutura urbana sempre precisa ser melhorada, os espaços urbanos, acompanhando o desenvolvimento e a expansão urbana, são dinâmicos precisam ser adaptados e adequados, até mesmo construídos, para atender as necessidades - destaca o especialista.

DICAS IMPORTANTES

Atenção ao se deslocar - É preciso que o pedestre seja bastante atencioso ao se deslocar no trânsito. O ideal é sempre olhar para os dois lados antes de atravessar a rua, e atravessar sempre na faixa. Outra atitude importante é evitar o uso do celular enquanto cruza a rua. Se estiver usando fone de ouvido, é preciso redobrar a atenção. Ao caminhar pelas calçadas, procure ficar o mais longe possível do meio-fio. Se estiver com crianças, deixe que elas fiquem sempre do lado oposto à pista e segure firme em suas mãos.

Cuidado ao descer de veículos - Para descer de um carro, o ideal é que você não o faça no meio da rua, mesmo se o sinal estiver fechado e você sentir que dá tempo. Peça ao motorista que encoste o veículo para que você possa desembarcar com segurança. Verifique pelo retrovisor se não há nenhum outro carro ou moto vindo em sua direção, e só depois abra a porta. Não desça de ônibus em movimento, espere que ele pare completamente. É o mais coerente e seguro a se fazer.

Consciência coletiva - É importante desenvolver a consciência coletiva. Todos precisam ser conscientes de que precisam fazer a sua parte para garantir a segurança no trânsito, o que fará despertar a responsabilidade de todos. Essa atitude pode contribuir para a diminuição dos números alarmantes de acidentes. Todos merecemos um trânsito seguro.



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190