polêmica

Só os cobradores devem pagar a conta da tarifa de ônibus?

Deni Zolin

Foto: Renan Mattos (Diário)

As empresas de ônibus de Santa Maria voltaram a bater na tecla de propor o fim dos cobradores nos ônibus de Santa Maria para conseguir reduzir o valor da tarifa de ônibus. Mesmo sabendo que, possivelmente, não irá conseguir isso agora, a Associação dos Transportadores Urbanos de Passageiros (ATU) adota essa estratégia para já ir preparando o terreno e pressionando para, quem sabe, obter esse resultado no futuro.

Como são 350 cobradores, é uma questão delicada, pois trata da vida de centenas de trabalhadores e suas famílias. Olhando a experiência em outros países, realmente não há cobradores em cidades do "primeiro mundo", onde brasileiros que chegam estranhar a falta de alguém para fiscalizar se as pessoas pagaram. Analisando friamente, essa é uma tendência no futuro e um custo que poderia ser evitado e que baratearia a tarifa em 10% a 12%, o que talvez contribuísse para mais gente usar ônibus.

Para reduzir tarifa de ônibus, ATU sugere que veículos não tenham cobradores

Porém, é preciso analisar outros aspectos:

  1. No Brasil, a cultura é diferente e, possivelmente, não haveria o mesmo respeito às regras se fossem retirados os cobradores.
  2. Aqui, a insegurança é maior e a existência do cobrador ajuda a inibir até furtos.
  3. Para quem quisesse pagar com dinheiro, teria de fazer o motorista ter dupla função ou haveria pontos de venda?
  4. Por último, e não menos importante: e o impacto social da demissão de 350 profissionais?

É uma situação complexa. Até concordo que, se os governos cortassem totalmente os impostos sobre o transporte coletivo (sobre diesel, veículos e insumos) e bancassem parte do custo das passagens para baratear as tarifas, poderia haver um sacrifício também por parte dos cobradores - mas com um corte gradual, em 5 ou 10 anos, até para que parte deles pudessem ser reaproveitados em outras funções. Pois se somássemos todos esses cortes, a tarifa poderia cair quase pela metade e o transporte coletivo poderia ser bem mais atrativo e bem mais utilizado. Mas num país que não dá incentivo algum ao transporte coletivo, não é justo que só os cobradores paguem o pato. Se as gratuidades são outro problema, por que não permiti-las só para pessoas de baixa renda?

Total de pagantes nos ônibus cai mais uma vez em Santa Maria

Carregando matéria

Conteúdo exclusivo!

Somente assinantes podem visualizar este conteúdo

clique aqui para verificar os planos disponíveis

Já sou assinante

clique aqui para efetuar o login

Sorteio da Quina acumula e pode pagar R$ 4,7 milhões hoje Anterior

Sorteio da Quina acumula e pode pagar R$ 4,7 milhões hoje

Ruas pavimentadas com pedra serão recuperadas, mas ainda não há prazo Próximo

Ruas pavimentadas com pedra serão recuperadas, mas ainda não há prazo

Geral