covid-19

Vacina para adolescentes sem comorbidades e reforço em idosos é distribuída

Em Santa Maria, terceira dose começa a ser aplicada na sexta-feira para quem tem 85 anos ou mais

Foto: Marcelo Oliveira (arquivo/ Diário)

Chega nesta quarta-feira em Santa Maria doses da Pfizer para dar início a vacinação de adolescentes sem comorbidades, para dose reforço de idosos e imunossuprimidos e também para dar continuidade na vacinação de adultos em geral que aindan ão tomaram a vacina contra a Covid-19. No total, serão 296.010 doses de Pfizer divididas entre esses quatro grupos em todo o Estado.

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, ressalta que abrir a vacinação para outros grupos não significa deixar de buscar aquelas pessoas que ainda não receberam a primeira dose da vacina e quem está no período de receber a segunda dose.

ADOLESCENTES
As doses distribuídas nesta quarta para as coordenadorias regionais de saúde, de acordo com o governo do Estado, são suficientes para vacinar cerca de 50% dos adolescentes de 17 anos gaúchos, estimado em 76 mil em todo o Rio Grande do Sul.

Meu Pet é Pop ganha espaço na TV Diário e na rádio CDN

- Distribuiremos doses de vacinas para uma parte dos adolescentes de 17 anos saudáveis, mas lembramos que o grupo dos idosos e dos imunossuprimidos são os mais vulneráveis para as complicações da doença. Não podemos abrir a vacinação para os adolescentes e não focar em reforçar a imunidade desses dois grupos. É preciso que a vacinação dos adolescentes e dos mais vulneráveis seja simultânea - disse a secretária adjunta da Saúde, Ana Costa. 

A partir do envio das doses, a prefeitura de Santa Maria deve divulgar as datas de vacinação para quem tem 17 anos.

REFORÇO

Os imunizantes entregues também são destinados a dose reforço de pessoas com neoplasias, doenças renais crônicas, transplantados e com outras doenças crônicas que baixam a imunidade ou idosos a partir dos 70 anos. Em Santa Maria, a aplicação da dose reforço começa nesta sexta-feira, com idosos de 85 anos ou mais.

De acordo com a chefe de Divisão de Vigilância Epidemiológica, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Tani Ranieri, estudos mostraram que os idosos que 70 ou mais, por terem um sistema imunológico enfraquecido, apresentam uma queda de anticorpos a partir de seis meses após a aplicação da segunda dose (ou dose única) da vacina contra a covid-19.

- Esse é o período ideal para aplicar uma dose de reforço e estimular a resposta imune - completou Tani.

DOSE REFORÇO EM SANTA MARIA (3ª DOSE)

Sexta-feira, das 8h ao meio-dia
Para idosos de 85 anos ou mais que receberam a 2ª dose até 11 de março
O que levar: documento com foto, CPF e carteirinha de vacinação 

Locais para pedestres: 

  • Clube Dores - 800 doses
  • Associação Comunitária Tancredo Neves (Bairro Tancredo Neves) - 250 doses
  • Clube 21 de Abril (Bairro Itararé) - 250 doses

Para pessoas em veículos:

  • UFSM, em Camobi - 600 doses

Para pessoas em veículos e para pedestres

  • UBS Wilson Paulo Noal (Rua Reinaldo Manoel Guidolin, 130, Bairro Camobi) - 250 doses

Sábado, das 8h ao meio-dia 
Para pessoas de 41 anos ou mais e que receberam a 1ª dose em 26 de junho 
O que levar: carteirinha de vacinação, documento com foto e CPF

Locais para pedestes: 

  • Clube Dores

Para pessoas em veículos:

  • UFSM
  • Loja Havan



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190