pandemia

Vacinação de pessoas entre 57 e 59 aplica 4,4 mil doses em Santa Maria

Imunização para público sem comorbidades começou, hoje, em nove locais

18.357

Fotos: Renan Mattos (Diário)

Começou a ser vacinado contra a Covid-19, nesta quinta-feira, o primeiro grupo da população que não integra nenhum grupo prioritário. Pessoas de 57 a 59 sem comorbidades tiveram 5,8 mil doses disponíveis das 8h ao meio-dia. Dessas doses, foram aplicadas 4.477. 

A movimentação na loja Havan iniciou ainda na quarta-feira, por volta das 15h45min, quando o primeiro da fila chegou. Pela manhã, a fila em frente à loja passou por toda a Avenida Hélvio Basso e chegou a um trecho da BR-158, o que fez o trânsito ficar lento no local, já que uma das faixas da rodovia estava ocupado pela fila. Logo no início da aplicação das doses, já haviam sido distribuídas 500 fichas no estacionamento da Havan, para os carros que já tinha acesso ao estacionamento coberto da loja.

Como, desta vez, a ação foi para pessoas em geral, de acordo com a faixa de idade, houve necessidade de apresentação apenas do documento de identidade, o que faz a triagem e o fluxo de vacinação ser rápido. Em uma hora, 1,6 mil doses já haviam sido aplicadas na cidade.

A doméstica Noemi Sasso, 59 anos, chegou por volta das 5h no estacionamento da Havan e às 8h15min já estava imunizada:

- Estava bem ansiosa, porque é a nossa maior esperança de vencer a Covid-19 - afirma. 

CLUBE DORES
No Clube Dores, também houve registro de filas já no começo da noite de quarta, por volta das 18h. Até as 9h, todas as mil fichas destinadas inicialmente ao local já haviam sido distribuídas. Por isso, mais 100 doses foram levadas até lá.

A saladeira Gualaci Staudt, fez 60 anos em maio e, nesta quinta, conseguiu garantir a primeira dose. Ela enfrentou a fila no Clube Dores

- Na época que tinha as ações para mais de 60 anos, eu não tinha chegado na idade ainda. Mas, hoje, consegui. É muita alegria - comemora. 

Pfizer testará vacina em grupo de crianças com menos de 12 anos 

OUTROS LOCAIS
Se Dores e Havan tiveram longas filas, locais como a UBS Kennedy e a Associação Comunitária Tancredo Neves já não tinham mais filas a partir do meio da manhã.  A dona de casa Glacimara Pimentel, 57 anos, chegou no posto da Kennedy às 9h30min e, em cinco minutos, garantiu a dose:

- Preferi vir mais tarde, porque tem menos gente. Assim, fico menos tempo fora de casa. A equipe aqui é maravilhosa - conta. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190