covid-19

VÍDEO: ainda em estruturação, tenda de triagem para casos clínicos começa a operar na UPA

Objetivo é separar atendimento de pacientes respiratórios dos demais. Local tem batido recordes de procura nas últimas semanas

18.355


Foto: Renan Mattos (Diário)
Movimento foi baixo nas primeiras horas de operação da tenda

Começou, na manhã desta segunda-feira, o atendimento em uma tenda montada na área externa da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA 24h), no Bairro Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Na estrutura funciona uma triagem, que pretende separar pacientes com sintomas respiratórios dos pacientes clínicos. A medida emergencial foi tomada devido ao aumento na procura por atendimentos. A UPA 24h é referência para pacientes sintomáticos respiratórios, mas também segue com as demais demandas. Anteriormente, pacientes respiratórios - suspeitos e até confirmados com Covid-19 - ocupavam o mesmo espaço dos demais pacientes.

VÍDEO: UPA bate recorde de atendimentos desde o começo da pandemia

Pela manhã, o movimento foi baixo e o local ainda passava por adequações. Por enquanto, haviam apenas cadeiras de espera distanciadas e uma mesa para recepção. Durante a manhã, ainda eram instalados dispensadores de álcool em gel e fitas para demarcar o chão.

Com a tenda, todos os pacientes que buscarem atendimento na UPA serão recebidos ali. Os que apresentarem sintomas respiratórios serão encaminhados diretamente para o prédio da UPA. Os demais aguardam atendimento na tenda. Os pacientes não sintomáticos seguirão, se necessário, com atendimento no interior da UPA 24h. Entretanto, agora há um consultório separado para isso. 

- Antes, pela nossa área física, era bem difícil da gente separar pacientes suspeitos e positivos de Covid-19 dos pacientes clínicos, sem sintomas respiratórios. A intenção da tenda, é que as pessoas sem sintomas respiratórios aguardem aqui fora - explica Jonatas Wrague, coordenador de Enfermagem que fazia a triagem pela manhã.

Ocupação de leitos clínicos supera UTIs e chega a 96% em Santa Maria

A tenda irá receber mais equipamentos. Conforme a prefeitura, o investimento em material é de R$ 14,1 mil, destinados via aditivo no contrato do município com a Associação Franciscana de Assistência à Saúde (Sefas), que gere o espaço. Mais R$ 64 mil mensais serão utilizados para a contratação de 20 trabalhadores da saúde, entre enfermeiros e técnicos de enfermagem. A tenda custará ao município R$ 19,5 mil por trimestre. 

O espaço funciona 24h por dia. O atendimento clínico de urgência, no espaço conhecido como sala vermelha, segue com o funcionamento normal.


Foto: Renan Mattos (Diário)
Estrutura foi montada na área externa da UPA 24h

AUMENTO NOS ATENDIMENTOS

A UPA 24h tem batido recordes de atendimentos por conta do crescimento da procura relacionada à Covid-19. Entre 1º e 14 de março, foram 4.025 atendimentos, uma média diária de 303. Para efeito de comparação, a média diária de atendimentos durante os meses de pandemia anteriores, entre março de 2020 e fevereiro de 2021, foi de 210. Ao todo, nesse período, foram 69.465 atendimentos, uma média mensal de 6.315. No ritmo atual, março deve superar a casa dos 8 mil atendimentos.

O dia de maior procura até agora foi em 10 de março, com 369 atendimentos. Neste mesmo dia, a UPA registrou quatro óbitos.



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190