imunização

VÍDEO: 4.294 idosos 68 anos ou mais foram na vacinação

Apesar de filas de carros para drive-thru, movimentação foi menor do que na última quarta-feira

18.398


Foto: Renan Mattos (Diário)
No Clube Dores, idosos aguardavam nas cadeiras e fichas chamadas no sistema de som

Matéria atualizada em 30 de março, às 16h15min.

Sobraram doses na ação de imunização de idosos acima de 68 anos, ocorrida na manhã de terça-feira. Das 5.090 vacinas disponíveis em 11 locais, 4.294 foram aplicadas nos braços de idosos santa-marienses. A menor procura refletiu no movimento pelos pontos de vacinação: às 11h, até mesmo locais que geralmente concentram mais pessoas, como o Parque da Medianeira, já não registravam filas.

Porém, como em outras vezes, o drive-thru da Medianeira amanheceu com filas: desde a segunda-feira já havia carros estacionados, a maioria vazios. Antes das 20h, a fila de carros já chegava na Avenida Hélvio Basso. Pela manhã, o trânsito registrou lentidão com fila de veículos para o drive-thru, que passava pela avenida, em direção ao Trevo da Uglione, quase na Rua Duque de Caxias. Com isso, o fluxo de veículos que não estavam na fila da vacina enfrentou lentidão entre o Trevo da Uglione e o viaduto da Duque. Por volta das 10h, o fluxo de veículos no local já estava normalizado, e a fila de espera de carros para o drive-thru da Basílica da Medianeira já havia diminuído.


Foto: Renan Mattos (Diário)
Congestionamento causado pela fila da vacina na BR-158

No Clube Dores, novidade desta ação, as vacinas começaram a ser aplicadas minutos antes das 8h. Quem foi até o Clube, encontrou cadeiras e arquibancadas com distanciamento para aguardar a vez. As fichas eram chamadas pelo alto-falante. Às 8h, cerca de 400 pessoas aguardavam sentadas dentro do ginásio. Não havia fila do lado de fora. Conforme a prefeitura, há espaço para 800 pessoas sentadas dentro. 691 idosos foram vacinados no espaço. Um deles foi Antonieta Porto Alegre Zeimann, de 68 anos, que foi acompanhada pelo marido Getúlio.

- Chegamos às 6h10min, e achei bem tranquilo aqui. Foi legal que tinha onde ficar, não ficamos na rua. É importante isso, para a gente que tem mais idade, para não ficar pegando frio cedo - disse a idosa.

Ocupação de leitos de UTI cai para 92,6% nesta terça-feira

É a primeira vez que as dependências do Clube Dores foram utilizadas para a campanha de vacinação contra a Covid-19.

- A direção do Clube Dores nos procurou e ofereceu o espaço. Em um primeiro momento, achávamos que era um pouco distante do trânsito, mas a equipe de vacina fez uma avaliação técnica e viu que é possível colocar quase mil pessoas distanciadas e com higienização ali. Temos muita gratidão ao clube - disse o prefeito Jorge Pozzobom (PSDB), que acompanhou a vacinação pela manhã.


Foto: Renan Mattos (Diário)

Conforme a prefeitura, as doses que sobraram foram destinadas aos acamados e cuidadores já cadastrados.

TRÂNSITO E FILA
Quem passa pela Avenida Medianeira em véspera de vacinação já sabe que os carros estacionados no entorno da Basílica estão marcando lugares para idosos na fila da vacina. Só que, em dias como esta terça-feira, sobram doses e não há necessidade de chegar tão cedo. E a fila seguiu, ainda na noite anterior, pela Avenida Hélvio Basso. 

O secretário de Mobilidade Urbana, Orion Ponsi, faz um alerta à população: não há necessidade de chegar com tamanha antecedência nos locais de vacinação. E para quem mesmo assim chega cedo, ele pede que os motoristas respeitem os locais de embarque e desembarque de passageiros de ônibus e os acessos de veículos em casas e pontos comerciais, que em alguns casos não são observados pelos motoristas. A prefeitura tem evitado autuar os carros e optado por orientar os motoristas.: 

- A gente tenta localizar o dono do veículo e pede para remover, autuações são poucas e remoções são ainda menores. A gente compreenda que a população tenha um excesso de zelo em garantir vacina, ainda mais para idosos, mas não precisa chegar com 20 horas de antecedência. 

Segundo Ponsi, na manhã desta terça-feira, cerca de 30% da fila andou em um período de 1h20min. Outra preocupação nas filas do drive-thru são os fura-filas, que aproveitam espaços entre carros para entra entrar na frente de outros veículos. Por isso o segundo apelo do secretário: respeitar a fila para que o trânsito não seja prejudicado. A prefeitura estuda outros locais e formatos para a vacinação em drive-thru a partir das próximas ações. 

DOAÇÕES
No total, foram arrecadados 976 quilos de alimentos não perecíveis nos pontos de imunização. O Banco de Alimentos, responsável pelo recolhimento e entrega para as famílias, organizou 80 cestas básicas, que serão destinadas para famílias que mais necessitam. A doação é voluntária.

APLICATIVO

Na segunda-feira, o prefeito, Jorge Pozzobom, e o vice, Rodrigo Decimo, receberam o diretor da Agência de Inovação (Agittec), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Hélio Leães Hey, e o presidente da Drakkar Solos Consultoria, Alan Acosta. Eles discutiram sobre o uso da tecnologia no combate à Covid-19 e devem buscar apoio na cidade para que o aplicativo da prefeitura possa incluir funções que facilitem o controle da população para a vacinação na cidade. Entretanto, não há um prazo para que isto aconteça.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190