atendimento

Taxa de ocupação de leitos de UTI cai em Santa Maria e região

Conforme apontam os números, dos 111 leitos intensivos disponíveis na região, 63 estavam ocupados

18.389
Foto: Foto: Simone Kroll Rabelo (Arquivo pessoal)

Foto: Simone Kroll Rabelo (Arquivo pessoal)

A taxa de ocupação de leitos de UTI (Covid e não Covid) na Região de Santa Maria - que abrange 32 municípios, conforme divisão estabelecida pelo governo do Estado - estava em 56.8% nesta quinta-feira. Conforme apontam os números, dos 111 leitos intensivos disponíveis na região, 63 estavam ocupados. Um dos menores índices apresentados nos últimos 15 dias, de acordo com os dados do painel do governo do Estado.

Santa Maria registra 16ª morte por coronavírus

O menor índice de internações das últimas duas semanas foi registrado no domingo, com 55%. No município de Santa Maria, a situação é parecida: a taxa de ocupação de leitos de UTI ficou em 54,9% hoje. Na quarta-feira, esse número chegou a 53,8%, o menor nos últimos 15 dias. Uma situação bem mais confortável do que há duas semanas atrás, quando a cidade atingiu 76,2% de ocupação, em 11 de junho, o que gerou uma série de novas medidas restritivas na cidade, para evitar o aumento da velocidade de transmissão do novo coronavírus. 

Os números apontados no sistema estadual, no entanto, não consideram apenas os leitos dedicados à Covid-19, mas englobam também os leitos de UTI adultos normais, não Covid. A situação mais crítica é a do Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), que hoje tinha 83,3% dos leitos de UTI ocupados. Nesses 15 dias, o hospital só se manteve duas vezes abaixo dos 80%, chegando a atingir 95,8% no dia 15 de junho. 

Em transmissão ao vivo pela internet, o governador Eduardo Leite fez um balanço relativo ao aumento de leitos de UTI para a rede pública desde março e anunciou o pedido de habilitação de novos leitos ao Ministério da Saúde. 

No último sábado, Leite ressaltou a preocupação com o aumento da demanda de internações por síndromes respiratórias no Estado no começo de julho, quando há a maior incidência de casos em função das baixas temperaturas do inverno. 

Estado passa de 23 mil casos confirmados da Covid-19

DISTANCIAMENTO CONTROLADO
Pela primeira vez desde que o modelo de Distanciamento Controlado foi adotado pelo governo do Estado, o mapa preliminar com as cores das 20 regiões será divulgado na sexta-feira. O anúncio deve ser feito amanhã até 18h. Os dados dos 11 indicadores de propagação do coronavírus - entre eles está a taxa de ocupação de leitos - seriam coletados até a noite de hoje. 

Com isso, a partir da meia-noite de sábado, as eventuais regiões que tiverem redução no risco epidemiológico já terão vigência da nova bandeira. As regiões que permaneceram com a mesma cor ou tiverem aumento no nível terão prazo para entrarem com recurso. 

Assim, durante o domingo, as equipes do governo poderão trabalhar em cima dos dados apresentados e, na segunda-feira, o Gabinete de Crise fará a análise e divulgação do resultado.

A divulgação do mapa definitivo será feita durante a tarde de segunda e a vigência das bandeiras que ficaram mais restritivas começa à meia-noite da próxima terça-feira.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190