covid-19

Secretaria da Saúde analisa possibilidade de antecipação da segunda dose no RS

Questão começou a ser discutida na última quinta-feira. Estado aguarda posição do Ministério da Saúde

18.398
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)


Foto: Renan Mattos (Diário)/

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) está analisando estudos científicos, estoque de doses e outros fatores para avaliar uma possível antecipação da segunda dose no Rio Grande do Sul, e também aguarda uma posição do Ministério da Saúde, solicitada nesta sexta-feira pela secretária Arita Bergmann, por meio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). 

'Saímos do pior momento da pandemia, mas situação não é confortável', alerta pesquisador

Conforme informou a assessoria de imprensa, a questão do intervalo das doses começou a ser discutida por Estado e municípios em reunião da Comissão de Gestores Bipartite (CIB), na última quinta-feira. 

Música ao vivo e rodeio voltam a ser liberados. Restaurantes podem funcionar até meia-noite

No momento, portanto, não há mudança no Rio Grande do Sul nos intervalos preconizados pelo Plano Nacional de Imunização (PNI).

A discussão sobre a redução do período de aplicação entre a primeira e a segunda dose da vacina contra a Covid-19 no Brasil ganhou força na última semana. Pelo menos cinco estados anteciparam a aplicação da segunda dose para evitar que a variante delta (indiana) circule no país e agrave a pandemia.

* Com informações do governo do Estado


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190