saúde pública

Santa Maria tem 6 casos confirmados de dengue e 20 sob investigação

Veja os canais para fazer denúncias sobre o mosquito

18.306

Foto: Gabriel Haesbaert (arquivo/ Diário) 

Depois do surto de 229 casos de dengue ocorrido em 2020 em Santa Maria e da explosão de doentes em cidades como Santa Cruz do Sul, que tem mais de 500 casos neste ano, o Coração do Rio Grande voltou a registrar a doença em 2021. Segundo a prefeitura de Santa Maria, são seis casos autóctones, ou seja, contraídos na própria cidade. Além disso, há outros 20 em investigação. A prefeitura também apura seis casos suspeitos de zika vírus e três de febre chikungunya. Apesar de o número ainda não ser elevado, acionou o sinal de alerta.

Segundo a prefeitura, a Vigilância Epidemiológica segue a acompanhar os casos suspeitos, realiza o envio das amostras sorológicas para investigação laboratorial no Laboratório Central de Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Sul (Lacen) e encaminha, semanalmente, os casos notificados para monitoramento na Atenção Primária do município.

Boletim epidemiológico estadual registra mais 44 óbitos e 733 novos casos de coronavírus

O surto do ano passado fez com que outras ações tivessem de ser tomadas. Desde 2020, foram contratados e tomaram posse 15 agentes de saúde pública e vigilância ambiental, que já foram capacitados em campo. Ainda de acordo com a prefeitura, a Vigilância Ambiental conta, também, para o reforço das equipes, com o Programa de Residência da UFSM e da Universidade Franciscana (UFN), que atuam como suporte em campo. Com isso, a prefeitura tem realizado cotidianamente inspeções em residências, empresas e pontos estratégicos, para prevenir a proliferação das doenças que têm o Aedes aegypti como vetor.

Além disso, com o surto de dengue ocorrido em 2020, houve um aumento no número de denúncias à Ouvidoria Geral do município, que tem prazo legal para responder. Por causa disso, a prefeitura diz que os fiscais precisam ir verificar as denúncias, mas a maioria dos casos não têm a ver com o surto de dengue, mas com outros problemas, como mato alto, questões envolvendo esgoto, criações de animais e desavença entre vizinhos, que utilizam como pretexto o controle do mosquito para fazer denúncias.

Diante dessas situações, a prefeitura alerta a população para que utilize os canais oficiais quando realmente houver denúncia procedente com relação ao mosquito. O número para denúncias na Ouvidoria Geral do município é o 156, de segunda a sexta, das 7h30min às 13h, ou pelo site.  

Os sintomas da dengue são febre alta, dores musculares, nas articulações e atrás dos olhos, dor de cabeça, manchas avermelhadas, cansaço, mal-estar e perda de apetite.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190