imunização

Santa Maria poderá receber até 6,1 mil doses de vacinas nos próximos dias

Estimativa é extraoficial. Cálculo foi feito pelo Diário com base na quantidade do primeiro lote recebido na última terça

18.398


Foto: Anselmo Cunha (especial)

Com os 2 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford que chegaram da Índia e os 4,8 milhões da CoronaVac aprovados pela Anvisa na sexta, existe a possibilidade de Santa Maria receber, nos próximos dias, até 6,1 mil doses dos dois imunizantes.

Se for mantida a mesma proporção da distribuição do primeiro lote da vacina CoronaVac, em que Santa Maria recebeu 4,2 mil doses para vacinar 4,2 mil pessoas (e virão outras 4,2 mil para a 2ª dose), a tendência é que a cidade receba agora 2,8 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca, o que daria para imunizar mais 2,8 mil pessoas. Caso metade do lote seja reservado para aplicar a segunda dose daqui a seis semanas, seriam 1,4 mil doses agora. 

44 mil pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19 no Estado

Além disso, a estimativa, também extraoficial e feita pelo Diário na divisão anterior feita para os municípios, é que venham para a cidade mais 3,3 mil doses de um novo lote da CoronaVac, que foi liberado pela Anvisa na sexta. Se isso se confirmar, seriam, ao todo, mais 6,1 mil doses para a cidade nos próximos dias

Até agora, das 4,2 mil vacinas da primeira leva que chegaram na última terça em Santa Maria, 3.638 já foram aplicadas - 86% do total.

As vacinas da AstraZeneca chegaram ao Brasil no final da tarde de sexta-feira. A carga vinda da Índia foi transportada em voo comercial da companhia Emirates ao aeroporto de Guarulhos e, após os trâmites alfandegários, seguirá em aeronave da Azul para o Rio de Janeiro. 

Avião com 2 milhões de doses de vacina produzida na Índia chega ao Brasil

De acordo com a fundação Fiocruz, assim que chegarem à instituição, as vacinas passarão por checagem de qualidade e segurança, além de rotulagem, com etiquetagem das caixas com informações em português. A previsão é que esse processo seja realizado até a manhã de sábado por equipes treinadas em boas práticas de produção. As vacinas devem ser liberadas para distribuição no período da tarde. 

Como o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina de Oxford/AstraZeneca deve ser de seis semanas, é possível que esses 2 milhões de doses já sejam utilizadas para vacinar 2 milhões de pessoas agora, e que essas mesmas pessoas recebam uma segunda dose daqui a 45 dias a partir de nova carga vinda do Exterior. Mas isso não havia sido confirmado pelo Ministério da Saúde.

Anvisa libera uso emergencial de mais 4,8 milhões de doses da Coronavac

Das doses da AstraZeneca, a expectativa da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul é que o Estado receba 100 mil doses e que elas sejam distribuídas às Coordenadorias Regionais de Saúde a partir deste domingo. Poderá demorar mais, de acordo com os trâmites. A previsão do Estado é que essas vacinas sejam aplicadas em mais profissionais de saúde e também em idosos a partir de 75 anos da população em geral - isso deve ser feito em postos de saúde ou locais definidos pelas prefeituras, em data ainda não definida.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190