pandemia

Sábado tem vacinação para 57 anos ou mais, profissionais da saúde e trabalhadores do transporte

Pessoas de 18 a 59 anos e que tenham comorbidades também serão vacinados. Trabalhadores do transporte tiveram data antecipada

18.398

Foto: Marcelo Oliveira (Diário)

Neste sábado, a partir das 8h, ocorre mais uma ação para aplicação de vacinas contra o coronavírus em Santa Maria. Nesta rodada, serão vacinadas pessoas de 57 anos ou mais, profissionais liberais e pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades, que não receberam ainda a primeira dose. Serão 2 mil doses divididas em dois pontos: o estacionamento do Shopping Praça Nova, para pessoas em veículos, e o Clube Recreativo Dores para pedestres. Os trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros (motoristas, cobradores e todos funcionários), contemplados conforme o Plano Nacional de Imunização (PNI), receberão a primeira dose do imunizante em ação no ginásio do Sest/Senat. A previsão inicial é que eles tomassem a primeira dose na semana que vem, mas a aplicação foi antecipada.Veja abaixo os detalhes para cada uma das categorias aptas a se vacinar. 

35% dos santa-marienses já estão vacinados com a primeira dose

CONFIRA QUEM PODE RECEBER A DOSE

Sábado, das 8h ao meio-dia, 1ª dose

- Pessoas de 57 anos ou mais que não receberam a 1ª dose
- Profissionais liberais da saúde que não receberam a 1ª dose
- Pessoas de 18 a 59 anos com comorbidade**

Profissional liberal de saúde - Nível superior
Médico, biomédico, médico veterinário, enfermeiro, fisioterapeuta, farmacêutico, fonoaudiólogo, nutricionista, odontólogo, psicólogo, profissional de educação física, assistente social, biólogo, físico médico e terapeuta ocupacional
Como comprovar - apresentar a carteira de habilitação profissional e um documento que comprove o exercício profissional (carteira de trabalho ou autodeclaração disponível no site da Prefeitura ou atestado preenchido pelo empregador ou contrato de trabalho ou cadastro ativo ou alvará de funcionamento/localização), além de carteira de identidade e CPF

Profissionais liberais ou de estabelecimentos de saúde com atividade assistencial direta e presencial e com nível superior:

Profissional liberal da saúde - Nível técnico
Profissionais de estabelecimentos de saúde com atividade assistencial direta e presencial e com nível técnico: técnico de enfermagem, técnico em radiologia médica, técnico em higiene dental, auxiliar de consultório dentário, técnico e auxiliar de farmácia, técnico e auxiliar de laboratório, técnico e auxiliar em nutrição e dietética, técnico e auxiliar em fisioterapia / reabilitação, técnico e auxiliar em hematologia / hemoterapia, técnico e auxiliar em histologia, técnico em citologia / citotécnica, técnico em prótese dentária (protético), instrumentador cirúrgico, quiropata, massoterapeuta, acupunturista, psicanalista e técnico em cuidador de idosos

Demais
Secretário e/ou recepcionista de serviços de saúde, doula, parteira, psicanalista e terapeuta holístico

Como comprovar

Apresentar cópias do certificado de conclusão do curso e de um documento que comprove o exercício profissional (carteira de trabalho ou autodeclaração disponível no site da Prefeitura ou atestado preenchido pelo empregador ou contrato de trabalho ou cadastro ativo ou alvará de funcionamento/localização), além de carteira de identidade e CPF

**Comorbidades: obesidade mórbida (IMC igual ou maior que 40), diabetes, cirrose hepática, anemia falciforme, imunossupressão (transplantados de órgão sólido ou de medula óssea, pessoas vivendo com HIV/Aids, doenças reumáticas, demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias, pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses, neoplasias hematológicas), neumopatias crônicas graves (doença pulmonar obstrutiva crônica, fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave), doença renal crônica (estágio grau 3, taxa de infiltração glomerular menor que 60ml/min e/ou síndrome nefrótica), hipertensão arterial resistente, doença cardiovascular e doença cerebrovascular

Como comprovar a comorbidade:
Declaração de morbidade disponível no site da Prefeitura (1 cópia preenchida e assinada) + documento comprobatório de até 3 anos (exame, atestado, receita de medicação) - original e 1 cópia + documento com foto e CPF

Onde:

- Clube Dores (para pedestres) - 1.000 doses
- Praça Nova (para pessoas em veículos) - 1.000 doses

Sábado, das 8h às 13h

Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros - 1ª dose

1ª dose

Para quem:

- Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros (motoristas, cobradores e todos funcionários de transporte rodoviário têm direito): 750 doses

Onde:

Sest Senat (Rua Cidade de Treinta y Tres, 59, Bairro Nossa Senhora de Lourdes)

O que levar:

- Comprovante de vínculo com a empresa de transporte coletivo rodoviário de passageiros

- Carteira de identidade e CPF



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190