coronavírus

Prefeito reforça importância das medidas restritivas e esclarece fake news em Santa Maria

Jorge Pozzobom (PSDB) explicou os motivos pelos quais a prefeitura não irá decretar o lockdown neste momento

18.357


Foto: Reprodução

Após o anúncio do governo do Estado da manutenção da bandeira preta por mais duas semanas em todo o Rio Grande do Sul, o prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) iniciou uma live em sua página do Facebook para falar sobre as medidas e também desmentiu boatos que circularam pelas redes sociais nesta sexta-feira. Pozzobom esteve acompanhado da controladora geral do município, Carolina Lisowski, e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ewerton Falk. 

Duas fake news sobre Santa Maria viralizaram pelo WhatsApp nesta sexta-feira: uma sobre um suposto contêiner para despejar corpos no Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) e outra de que a cidade teria lockdown a partir do final de semana. As duas informações são completamente falsas. 

-  Com a falsa informação do lockdown, as pessoas se largaram para dentro dos supermercados, se aglomeraram, isso causou um desespero nas pessoas. É uma consequência muito grave desta fake news. Nada impede que, no futuro, tenhamos que tomar medidas como lockdown, mas isso será anunciado por nós e com muita transparência - afirmou.

O prefeito explicou os motivos pelos quais a prefeitura não irá decretar o lockdown neste momento:

- Temos convicção que as regras da bandeira preta vão ser eficientes. Além disso, não vamos fazer um confinamento completo porque entendemos a importância do nosso comércio local, que precisa funcionar, dentro do possível.

A controladora geral esclarece que o município não pode adotar regras mais brandas do que as determinadas pelo Estado. A prefeitura deve acatar os decretos do Estado ou criar regras ainda mais rígidas. 

- Como são medidas bem restritivas, a prefeitura hoje entende que a bandeira preta deve ser suficiente para que consigamos estabilizar os índices da pandemia, se contarmos com a colaboração da população. Com a bandeira preta, se trabalha com o atendimento remoto. Mantém-se os atendimentos presenciais apenas para as atividades essenciais, que são determinadas pelo Estado. O município fiscaliza e exige o cumprimento do decreto - avaliou Carolina. 

Outro assunto que gerou polêmica durante a semana foi o funcionamento do parquímetro na cidade. Carolina explicou que a atividade pode funcionar, de acordo com o decreto estadual:

- A atividade de administração de trânsito está prevista para funcionar de forma legal na bandeira preta. Há uma redução do número de fiscais da rua, já que esse setor pode funcionar com 75% dos trabalhadores. Não está acontecendo nenhuma irregularidade.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190