pecados

Para toda soberba vem a queda

Colunista José Renato da Silveira escreve sobra a soberba durante a pandemia de Covid-19

18.398

"Eu não troco a justiça pela soberba. Eu não deixo o direito pela força. Eu não esqueço a fraternidade pela tolerância. Eu não substituo a fé pela superstição, a realidade pelo ídolo".
Rui Barbosa

Nós - brasileiros - somos uma estirpe estranha. Adoramos pregar, odiamos o sermão, a crítica e a obediência.

Acredito que temos num lado do hemisfério do nosso cérebro, a esperteza e malandragem de Jeca Tatu; no outro, ouvimos o eco do "ai, que preguiça" de Macunaíma, um personagem que não é desprovido de caráter, apenas seu caráter se molda conforme a conveniência, conforme a necessidade, de acordo com seus próprios interesses.

Dizem que somos um povo carismático, amigável, alegre, dócil, cordial, receptivo e afetuoso.

De acordo com diversas matérias publicadas em jornais e revistas do mundo todo, o povo brasileiro reúne qualidades distintas que o tornam diferenciado e especial em relação ao resto dos povos do mundo. Será?

Os tempos de pandemia demonstram outra face do nosso povo. Hiperindividualistas, hipócritas, mesquinhos, cínicos e soberbos. Quanto a ser soberbo, o pecado capital da soberba - de acordo com a tradição cristã - é considerado o pior dos pecados capitais e o preferido do Anjo caído.

Devemos admitir que agimos com arrogância desmedida em relação a covid-19. Nós colocamos num panteão de "sortudos privilegiados" imunes a doença. Por causa desse pensar saímos às ruas desprotegidos sem pensar no outro, na coletividade e ai de quem vier cobrar.

Lidamos com presunção, negacionismo, ignorância e acreditando piamente num "kit milagroso".

Infelizmente, em breve, alcançaremos a triste marca de 300 mil mortos. Para toda soberba vem a queda


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190