coronavírus

Metade dos idosos de Santa Maria já foi vacinada contra Covid-19

Em 72 dias, 41mil pessoas receberam a 1ª dose. Se ritmo for mantido, projeção é de todos santa-marienses vacinados até setembro

Pâmela Rubin Matge
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)
Nesta terça-feira, outros 4.294 idosos a partir de 68 anos foram vacinados

Foto: Renan Mattos (Diário)
Nesta terça-feira, outros 4.294 idosos a partir de 68 anos foram vacinados

Embora a vacinação contra Covid-19 figure entre as maiores urgências no cenário da saúde do município junto da desesperadora luta por leitos, prever e anunciar um calendário fechado da imunização não tem sido simples. O envio das doses está na dependência do Estado, que diz estar sempre no aguardo da distribuição do governo federal. Nessa cadeia, municípios amargam esperas.

Nesta terça-feira, outros 4.294 idosos a partir de 68 anos foram vacinados. Fato é que transcorridos 72 dias desde os primeiros imunizados, 14,7% da população foi vacinada e quase metade dos idosos da cidade - 48,9% - contando a 1ª dose.

Vacinação de idosos a partir de 65 anos terá drive-thru no Shopping Praça Nova

Se forem excluídos da conta pessoas de até 18 anos (segundo orientação técnica) que, atualmente, não podem ser vacinadas, a imunização poderia ser concluída em seis meses, isto é, se esse ritmo for mantido, teríamos todos os santa-marienses imunizados até o final de setembro, conforme cálculo do professor Luis Felipe Dias Lopes, doutor em Engenharia de Produção e estatístico do Observatório de Informações em Saúde da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A projeção é matemática e considera o ritmo atual, com base nos dados fornecidos pelo Vacinômetro da prefeitura. Com a chegada de cada vez mais imunizantes e de novas ações de vacinação, espera-se que esse tempo diminua.

- Temos de trabalhar com o que vem sendo colocado à disposição. São projeções. Se considerarmos 40 mil doses em 30 dias (cenário local), é possível que em até seis meses concluiremos a primeira dose e, em mais 30 dias, a segunda dose. Mas dependemos dos fármacos. Também fizemos convênios com as indústrias farmacêuticas tarde. Estamos atrasados em relação a outros países - analisa o professor

Cobertura vacinal

  • Início _ 19 de janeiro
  • População total da cidade _ 280.782*
  • Idosos na cidade _ 48.184*
  • População vacinada _ 14,7%
  • Idosos vacinados _ 48,9%

*A Secretaria Municipal de Saúde considera dados do Estado com base no levantamento da vacinação contra Influenza de 2020


Grupos vacinados

  • 68 anos ou mais _ 23.608 receberam a 1ª dose e 2.407 receberam a 2ª dose;
  • Trabalhadores da saúde _ 13.167* receberam a 1ª dose e 6.328 receberam a 2ª dose;
  • Cuidadores _ 818 receberam a 1ª dose e 328 receberam a 2ª dose;
  • Idosos acamados _818 receberam a 1ª dose e 328 receberam a 2ª dose;
  • Idosos em ILPIs _ 653 receberam a 1ª dose e 472 receberam a 2ª dose;
  • Indígenas _ 65 receberam a 1ª dose e 59 receberam a 2ª dose.


VINDA DE VACINAS AO MUNICÍPIO

Articulações do município na tentativa de pleitear doses não têm retornos expressivos. Santa Maria aderiu aos consórcios da Frente Nacional dos Municípios e da Famurs e tem o secretário de Saúde, Guilherme Ribas, como integrante da diretoria do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS).A Superintendência de Comunicação limita-se a responder que "o quantitativo a ser destinado ao município leva em consideração os percentuais de grupos prioritários da vacina contra a Influenza. A previsão é que os envios de remessas passem a ser ainda mais frequentes e com maior quantidade de doses".

Prefeitura de Santa Maria ainda avalia se fará vacinação durante o feriado de Páscoa

As duas cidades com índice populacional igual ou mais aproximado de Santa Maria, Gravataí, 283 mil habitantes e Viamão, 256 mil habitantes, tinham, até ontem, 7,5% de cobertura vacinal (1ª dose), percentual ainda menor. As informações constam no painel de monitoramento da imunização do governo do Estado.

Vacinar outra parcela de público só foi possível por conta dos testes da vacina de Oxford no Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), com 1.014 voluntários na pesquisa. Contudo, essas pessoas não são computadas no quantitativo de imunização da prefeitura.

A próxima ação de imunização municipal está prevista para esta quinta-feira.

- Sempre precisamos que cheguem mais doses. As remessas que chegam no Estado sempre são pactuadas com gestores o público alvo que será vacinado - esclarece o secretário de Saúde, Guilherme Ribas.

62.315 DOSES

Por meio da plataforma Vacinômetro, o município já recebeu 62.315 doses, entre a Covishield, da Fiocruz e AstraZeneca/ Oxford, e a Coronavac, do Butantan e Sinovac. O lote mais recente chegou na última sexta, com mais 6,9 mil vacinas. Segundo a secretária adjunta de Saúde, Ana Paula Seerig, as primeiras doses foram 40.005 (Coronavac) e 9.655 (Oxford). Já na segunda dose foram 12.655 (Coronavac).

BALANÇO

Até ontem, Santa Maria havia vacinado 41.382 pessoas contra a Covid-19, o que representa cerca de 14,7% da população. Esse número corresponde ao total de pessoas, entre idosos a partir de 68 anos, trabalhadores da saúde, idosos acamados e cuidadores, idosos em instituições de longa permanência (ILPIs) e indígenas, que receberam a primeira dose do imunizante. Somando o número de quem já recebeu a segunda dose, o total de vacinas aplicadas é de 49.051. O lote mais recente chegou na última sexta, com mais 6,9 mil vacinas. 

O número de doses recebidas não é, necessariamente, o mesmo de aplicadas, pois algumas ficam reservadas a ações pontuais ou compões a segunda fase da imunização.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190