coronavírus

Mais de 8,1 mil pessoas já foram testadas para Covid-19 na rede pública de Santa Maria

Ações têm apoio do Ministério Público do Trabalho, da UFSM, da UFN e da prefeitura

18.398
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)


Foto: Renan Mattos (Diário)/

Santa Maria registra a realização de 8.101 testes feitos em pacientes suspeitos de estarem com o coronavírus e em profissionais da saúde. O número é referente a dados de até a última sexta-feira, e equivale à testagem na rede pública de saúde e em hospitais conveniados, em ação possibilitada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e pela Universidade Franciscana (UFN).  

MPT e Vigilância dizem que não há situações de surtos em Santa Maria

Do total aplicado, 4.585 foram testes rápidos, exames que detectam anticorpos produzidos contra o coronavírus. Dessa contabilidade, estão os testes recebidos pelo Governo do Estado e feitos pelo município (1.883), e os testes feitos em santa-marienses por meio de pesquisas nacionais e estaduais (2.702).

Número de mortos pelo novo coronavírus no Brasil passa de 60 mil

Também já foram aplicados 3.516 testes RT-PCR, os chamados testes moleculares, que identificam o coronavírus presente em uma amostra nasal ou de orofaringe. Desse total, 1.947 foram processados pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), e 1.310 pela Universidade Franciscana (UFN).

Desde abril, pesquisa aponta que distanciamento social diminuiu 15% em Santa Maria

O restante corresponde aos testes feitos pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen), quando o município ainda não contava com kits de testagem. Mesmo com o credenciamento dos laboratórios das instituições de ensino, o Lacen continua sendo referência para Santa Maria na realização dos exames. O número também não engloba os exames realizados pelos laboratórios e hospitais da rede privada de Santa Maria.

Drive-thru solidário vai arrecadar doações para escola e projetos no próximo sábado

- Quanto mais testes forem disponibilizados para que se possa detectar, no momento adequado, os casos de pessoas com coronavírus, mais facilmente se pode estabelecer medidas adequadas de isolamento pelo tempo justo. Os testes também dão uma ideia de como está a disseminação da doença no município e a situação mais real de questões, como a letalidade, ou seja, a proporção de óbitos em relação à população que está doente - explica o médico epidemiologista e coordenador do Centro de Referência Municipal da Covid-19, Marcos Lobato.

COMO FUNCIONA 
De acordo com a prefeitura, a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) 24h é o serviço de saúde que mais realiza coleta de exame de diagnóstico de biologia molecular (RT-PCR) aos usuários que procuram o serviço com algum sintoma de Síndrome Gripal (entre o terceiro e o sétimo dia após a data de início dos sintomas). Além da UPA, duas equipes volantes da Secretaria de Saúde realizam coletas em domicílio.  

Já o Centro de Referência Municipal Covid-19 realiza teste rápido imunológico em pessoas que apresentam sintomas gripais há mais de 10 dias, em contactantes sintomáticos de casos confirmados e em sintomáticos e assintomáticos de trabalhadores de saúde e segurança.

- O aumento das testagens permite subsidiar com maior exatidão a decisão sobre o afastamento do trabalho e o isolamento domiciliar das pessoas - comenta a secretária adjunta de Saúde, Ana Paula Seerig.

É no Centro de Referência que é feito o acompanhamento dos casos positivos, por meio de contato telefônico periódico. Conforme a Secretaria de Saúde municipal, esse acompanhamento inclui os casos positivos para Covid-19 e também seus contactantes, seja no domicílio ou no ambiente de trabalho.

Além disso, o Centro de Referência é o responsável por fornecer o resultado de exames realizados pela secretaria e pela UPA, por realizar notificações de todos os casos de Síndrome Gripal e atualização de sistemas de informação, por realizar a testagem rápida, por fornecer apoio técnico às unidades de saúde, UPA e hospitais, fazer a análise de dados e, também, a dispensação de kits de testes RT-PCR e testes rápidos para os serviços.

O Centro de Referência ainda faz a coleta domiciliar para testes moleculares. Nesses casos, há duas 2 equipes compostas por enfermeiro, técnico de enfermagem, motorista, além de uma biomédica residente do Programa de Residência Multiprofissional em Infectologia da UFN.

A equipe técnica do Centro é composta por enfermeiros, técnicos em enfermagem, motoristas, médico sanitarista, agente administrativo, coordenador setorial, residentes da Residência Multiprofissional em Saúde da UFSM (odontólogos, enfermeiros, nutricionistas) e da Residência Multiprofissional em Infectologia da UFN (biomédica), auxiliar de limpeza e acadêmicos. Ao total, são 21 trabalhadores.

PARCERIAS
No mês de maio, o Ministério Público do Trabalho (MPT) destinou recursos decorrentes de multas aplicadas pela Justiça do Trabalho em processos movidos pelo MPT, por indicação do Conselho Estratégico de Gestão de Crise, o qual a prefeitura faz parte. A UFSM foi a responsável pela compra de 6 mil kits e demais reagentes necessários para a realização dos testes por meio desses recursos do MPT. 

Dessa forma, as avaliações dos exames passaram a ser feitas gratuitamente no Laboratório de Análises Clínicas do Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), da UFSM, e no Laboratório de Diagnóstico Molecular da UFN, conforme demanda das instituições de saúde.

A previsão é de que, nos próximos dias, a Prefeitura promova nova ação de testagem com a aplicação de cerca de mil testes rápidos em pessoas já notificadas pela Vigilância em Saúde.

* Com informações da prefeitura de Santa Maria



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190