sistema 3 as

Música ao vivo e rodeio voltam a ser liberados. Restaurantes podem funcionar até meia-noite

Após retirada do alerta, mudanças foram discutidas nesta sexta em reunião da AM Centro

Leonardo Catto e Janaína Wille
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)

Foto: Pedro Piegas (Diário)

Bares e restaurantes poderão ter música ao vivo a partir deste sábado, assim como os rodeios estão autorizados na região. A decisão foi tomada entre o comitê técnico da Associação dos Municípios da Região Central (AM Centro) e as prefeituras. A reunião que definiu o novo decreto, publicado na sexta-feira, ocorreu pela manhã e terminou próximo de 12h30min.

Outra mudança foi a ampliação de horários. Até as 22h, é possível que clientes entrem em bares e restaurantes. A música (ao vivo ou mecãnica) é permitida até 23h. Os locais podem funcionar, com os consumidores que já entraram, até meia-noite.

Rodeios também serão liberados, mas sem público e com outras restrições. Segundo o presidente da AM Centro e prefeito de Formigueiro, Jocelvio Cardoso (MDB), é possível implementar mais mudanças nas próximas semanas. Entretanto, as regras são relativas ao cenário observado.

'Saímos do pior momento da pandemia, mas situação não é confortável', alerta pesquisador

- Analisamos mais uma semana e podemos flexibilizar mais ou não, dependendo dos indicadores. Tudo é baseado nisso. Às vezes, as pessoas não ficam satisfeitas, é difícil para gente também. Pedimos consciência com os protocolos para podermos avançar mais - afirma o Cardoso, que integra também a direção da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs).

DECRETO MUNICIPAL

Santa Maria publicou, também na sexta-feira, um decreto municipal reiterando as mudanças implementadas pela AM Centro.

Bruno Fernandes, vice-presidente da Estância Minuano, comemora a retomada dos rodeios por conta da cadeia produtiva que a atividade movimenta na cidade e a garantia de emprego para muitos profissionais:

- Não é apenas um esporte, é um evento que movimenta o setor de serviços, o varejo e também os produtores de gado, que ganham com a possibilidade de realização de rodeios.

João Provensi, presidente da Associação de Hotéis, Bares, Restaurantes e Agências de Viagens e Turismo (Ahturr) avalia de forma positiva o aumento no horário de funcionamento e também a possibilidade de música ao vivo nos locais. Ele já projeta um aumento na comercialização:

- Ainda não podemos exigir uma liberação de tudo, mas aos poucos vamos retomando as atividades. Acredito que com essa nova liberação, vamos conseguir aumentar em cerca de 20% o consumo em bares e restaurantes.

Os músicos, embora felizes com a possibilidade de reabrir a agenda, ainda temem que a AM Centro recue na decisão.

- Estamos muito animados, nos sentimos vitoriosos depois de tanta luta para voltar, mas temos medo que volte a proibição. Mesmo assim, já estamos com a agenda aberta, precisamos trabalhar - destaca o músico percussionista Jonas Viana.

PARQUE DE DIVERSÕES
O parque de diversões Rei Center Park, que pretende se instalar em Santa Maria desde o dia 21 de junho, no entanto, ainda não está liberado para abrir. Apesar de o decreto da AM Centro permitir o funcionamento de parques do tipo, com restrições, a prefeitura de Santa Maria ainda analisa a situação. O Executivo diz que, conforme orientações da Vigilância em Saúde e do Comitê Regional, a situação dos parques ainda precisa aguardar mais dias para análise dos dados das internações hospitalares por Covid-19 e das contaminações, já que contaria com a presença de público.

O dono do Rei Center Park, Jorge Moraes, diz que tenta contato todos os dias com a prefeitura.

- Estou em contato, mas me mandam aguardar. Amanhã (sábado), vou tentar mais uma vez. Ficamos incomodados, porque música e rodeio foram liberados, mas o parque não - relata.

O QUE MUDOU

  • Bares e restaurantes
    - Podem funcionar até meia-noite
    - Limite de quatro pessoas por mesa
    - Clientes podem entrar até 22h
    - Música ao vivo e mecânica estão liberadas entre 11h e 23h
    - Instrumentistas devem, obrigatoriamente, usar máscaras. Distância de três metros entre o palco e os músicos ou, então, se a distância for menor, é obrigatório a colocação de uma proteção de acrílico
  • Rodeios
    - Podem ocorrer eventos de, no máximo, um dia de duração, das 6h às 23h
    - Número máximo de participantes: 300 pessoas e sem a presença do público
    - Seguir as orientações que constam na Cartilha de Atividades Campeiras do Movimento Tradicionalista Gaúcho
    - A organização deverá repassar aos órgãos de fiscalização do município o nome e contato do responsável pelo evento com, no mínimo, 24 horas de antecedência
    - A organização deverá repassar à Vigilância Sanitária do município a relação de todos os responsáveis pelo evento e também dos inscritos com, no mínimo, sete dias de antecedência 

O QUE JÁ VALIA

  • Comércio não essencial
    - Limite de atendimento presencial até 21h, de segunda a sábado
  • Eventos 
    - Eventos infantis, sociais e de entretenimento em buffets, casas de festas, casas de shows, casas noturnas, restaurantes, bares e similares podem acontecer com, no máximo, 70 pessoas e a duração máxima do evento é de quatro horas 
  • Atividades físicas em academias, clubes e quadras
    - Limite de funcionamento até 23h, de segunda a sábado
  • Feiras e exposições corporativas, convenções e congressos
    - Proibidos

INDICADORES
A região teve um alerta, que foi mantido por cinco vezes até a retirada. A sustentação do Gabinete de Crise é a redução de casos confirmados e internações em leitos clínicos e intensivos desde o início do mês de junho. 

As internações intensivas na região tiveram queda de 14% entre o começo de junho e a primeira semana de julho. Isso significa que, de 147 pacientes, o número reduziu para 125. Já nos clínicos a queda para o mesmo período foi de 48% (de 229 internados para 117).

Quando o modelo completou um mês, em 17 de junho, o indicadores ainda se mantinham estáveis em alto patamar na região. Apesar da queda atual e retirada do Alerta, o Gabinete de Crise afirma que não é o momento de abandonar restrições.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190