atendimento

Hospitais de Santa Maria estão com restrições para visitas a pacientes

Algumas instituições seguem com as mesmas regras desde o início da pandemia; outras adotaram medidas mais rígidas com o aumento de casos de coronavírus

18.357
Foto: Foto: Natalie Aires (Tempórea Comunicação)


Foto: Natalie Aires (Tempórea Comunicação)

Os hospitais de Santa Maria seguem com restrições de visitação a pacientes em função da pandemia de Covid-19. Alguns hospitais estão com as visitas suspensas desde o início da pandemia. Já o Complexo Hospitalar Astrogildo de Azevedo voltou a adotar medidas mais restritivas agora, com o aumento de casos de coronavírus na cidade.

No hospital, que atende na rede privada, todo paciente que é hospitalizado faz o teste da Covid-19, mesmo que não apresente sintomas e procure atendimento por outra doença. Os pacientes positivados ficam isolados em uma unidade específica. Em relação à visitação, é permitida, atualmente, uma visita por dia para os pacientes que estão em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs). Até semana passada, eram permitidas três visitas por dia. Já os internados em leitos fora de UTI podem ficar com um acompanhante, que pode ser trocado ao longo do dia, mas sem outras visitas.

- Não vamos suspender totalmente visitas e acompanhantes, mas optamos por limitar. A variante atual, a Ômicron, tem se mostrado mais branda, as pessoas não apresentam sintomas muitas vezes. Então, é bom prevenir para evitar transmissão - explica o diretor técnico do hospital, Luiz Gustavo Thomé. 

Cirurgia do Husm remove tumor de quase 2 quilos de criança de 6 anos

O Hospital São Francisco, por meio da assessoria, informou que a instituição nunca diminuiu as precauções com o Covid-19 em relação à visitação. As visitas permanecem restritas e somente é permitido a presença de um acompanhante por paciente internado.

Na Casa de Saúde, é permitida a presença de um acompanhante, exceto pacientes com Covid-19, que precisam ficar isolados. É permitida a troca em dois horários específicos. As visitas seguem suspensas. O Comitê de Crise está estudando novas adequações por causa do aumento de casos de coronavírus na cidade. 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que, no Hospital Regional, o paciente tem direito a estar com um acompanhante durante a internação em leitos não Covid. Nas áreas de isolamento para coronavírus, as visitas são de acordo com critérios médicos, devido ao risco para os próprios familiares. Mas, não há um limite do número de visitas, que são acompanhadas de um assistente social. São mantidas, ainda, as ligações diárias para os familiares dos pacientes.

A SES relatou também que, apesar do número crescente de atendimentos e diagnóstico de Covid da cidade e também na região, não houve um grande aumento no número de internações no Hospital Regional. 

O Diário entrou em contato também com o Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), mas ainda não teve retorno.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190