pandemia

Estado recebe vacina para comorbidades e continuar 2ª dose

As doses serão distribuídas às 18 coordenadorias Regionais e aos municípios durante a terça-feira

18.398
Foto: Foto: Felipe Dalla Valle (Palácio do Piratini)


Foto: Felipe Dalla Valle (Palácio do Piratini)/

O Rio Grande do Sul recebeu, na manhã desta segunda-feira, mais 413.750 doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz para avançar na vacinação das pessoas com comorbidades no Estado. As 32.760 da Pfizer/Biontech destinadas para Porto Alegre, previstas para chegarem no mesmo avião, que pousou antes das 9h, só chegarão em voo com aterrissagem prevista para as 19h45min. As doses da AstraZeneca devem ser destinadas para vacinar pessoas com comorbidades no Estado. Os imunizantes devem ser usados para vacinar pessoas de até 40 anos e com uma das doenças previstas no plano de imunização. 

Senado aprova ampliação da lista de doenças rastreadas em teste do pezinho do SUS

2ª DOSE
Ainda no sábado pela manhã, chegaram a Porto Alegre 22,8 mil doses da Coronavac/Butantan, que devem ser distribuídas com as 7,2 mil doses do mesmo fabricante enviadas durante a semana passada. Essas doses serão utilizadas para a segunda aplicação de quem já recebeu a primeira há 28 dias ou mais. No Rio Grande do Sul, existem cerca de 240 mil idosos com a segunda dose atrasada pela falta do imunizante. Esse número será suficiente para vacinar 97% dos que tomaram a primeira dose com uma remessa que chegou ao Estado no dia 20 de março, segundo a secretaria estadual de Saúde. 

Hemocentro de Santa Maria precisa com urgência de sangue O negativo

As vacinas serão distribuídas às 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs) e a municípios próximos da capital durante a terça-feira. A destinação das doses foi definida em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), na manhã desta segunda-feira, com representação do Estado e dos municípios, por meio do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS). Ainda não foi divulgado o número de doses por região ou município. 

Com mais 59 registros, Santa Maria se aproxima dos 30 mil casos confirmados de Covid-19

COMORBIDADES
As 458.614 doses da Astrazeneca/Fiocruz serão todas aplicadas na primeira dose do grupo das comorbidades, iniciando a fase 2: gestantes e puérperas maiores de 18 anos, independente de condições pré-existentes; pessoas com comorbidades de 40 a 53 anos; e pessoas de 40 a 54 anos com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC). Desta remessa, 413.750 doses chegaram na manhã desta segunda-feira e o restante são remanescentes da carga recebida na última semana. Ainda, 318 doses serão destinadas à continuação da vacinação de militares que integrarão a Operação Acolhida.

- Com as novas doses da AstraZeneca, vamos conseguir avançar bastante nas comorbidades, chegando até a fase 2 desse grupo e vacinando mais da metade do público total estimado, que é de pouco mais de 1 milhão de pessoas no Rio Grande do Sul. Nossa expectativa é vacinar todas as comorbidades ainda em maio - afirma a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

A prefeitura de Santa Maria ainda discute com o Estado detalhes sobre a vacinação das comorbidades. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190