coronavírus

Estado quer fazer mais 3 mil testes de RT-PCR por dia a partir deste mês

Com o aumento da testagem, primeira etapa da proposta também vai incluir mais três grupos prioritários

18.297
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)

Foto: Pedro Piegas (Diário)
 Diferente do teste rápido, que fica pronto imediatamente, os testes moleculares levam cerca de 24 horas para ficarem prontos e precisam ser feitos em laboratório

ATUALIZADA: matéria atualizada às 17h13min em 2 de julho de 2020

O governador Eduardo Leite e a secretária estadual da Saúde Arita Bergmann anunciaram na tarde desta quinta, durante live, a ampliação dos números dos testes RT-PCR no Estado, que detectam o vírus da Covid-19 enquanto ele ainda está ativo no organismo. Estado quer realizar mais três mil testes moleculares diários a partir da segunda quinzena deste mês. Hoje, são feitos até mil testes por dia.

Santa Maria tem 612 casos de coronavírus e 17 óbitos causados pela doença

De acordo com Arita, com o aumento da testagem, também se amplia o público prioritário para fazer o exame. Na primeira etapa, mais três grupos devem ser incluídos na prioridade de testagem: primeiro, todos os trabalhadores e residentes de lares de idosos onde uma pessoa seja diagnosticada com o coronavírus; na sequência, a segunda etapa prevê a inclusão de todos os trabalhadores da saúde e seus contatantes a partir do diagnóstico de uma dessas pessoas contaminadas; e por último a testagem de todas aquelas pessoas que têm síndrome gripal, de forma gradual, primeiro com moradores da Região Metropolitana, Serra e do Norte. 

Já em uma segunda etapa, o objetivo é rastrear todos os contatantes da pessoa com síndrome gripal, diagnosticada com Covid-19, por meio do aplicativo Dados do Bem - desenvolvido pelo programa Todos pela Saúde - e testá-las, além de também começar a testar as demais pessoas com síndrome gripal nas regiões não contempladas na primeira etapa.

- Essa é a forma para reduzirmos substancialmente a transmissão do vírus e ao mesmo tempo conter o crescimento desta curva epidêmica - explicou a secretária. 

Preço do teste Covid-19 na rede privada pode ser consultado em aplicativo

A iniciativa é uma parceria com o programa Todos pela Saúde.  Os insumos serão fornecidos em parceira do Ministério da Saúde e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Os novos testes deverão ser feitos em um laboratório fora do Estado, possivelmente em Curitiba, adiantou Arita. A ideia é que todas as coletas feitas nos municípios sejam entregues junto às coordenadorias regionais de saúde para serem repassadas ao laboratório responsável. 

PRIMEIRA ETAPA
Segunda quinzena de julho 

  • 1º grupo de testagem: todos os trabalhadores e residentes de instituição de longa permanência para idosos (ILPIs), sintomáticos ou assintomáticos, a partir da confirmação do primeiro caso.
  • 2º grupo de testagem: todos os trabalhadores de estabelecimentos de saúde, sintomáticos ou assintomáticos, a partir da confirmação de algum caso, incluindo contactantes.
  • 3º grupo de testagem: todas as pessoas que apresentarem sintomas de síndrome gripal (febre, tosse, coriza, sintomas respiratórios, dores musculares, perda do paladar ou olfato) residentes na Região Metropolitana, no Norte e na Serra. 

SEGUNDA ETAPA 
Início de agosto 

  • 4º grupo: todas as pessoas que apresentarem sintomas de síndrome gripal (febre, tosse, coriza, sintomas respiratórios, dores musculares, perda do paladar ou olfato) residentes nas outras regiões do Estado e contactantes próximos dos casos confirmados de Covid-19 rastreados por meio do aplicativo Dados do Bem.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190