contra covid-19

Doses esgotam em ação de imunização de idosos com 65 anos ou mais

6.074 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira

Felipe Backes e Ian Tâmbara


Foto: Anselmo Cunha (Especial)
Mil fichas foram distribuídas no Clube Dores

6.074 idosos de 65 anos ou mais receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na manhã de quinta-feira. A procura pelo imunizante movimentou os 12 locais de vacinação e todas as doses disponíveis foram utilizadas. Por um problema no rendimento dos frascos recebidos pela prefeitura, que não continham as 10 doses previstas, foram aplicadas cerca de 600 doses a menos do que o previsto inicialmente: 6,7 mil. Em vários locais, as vacinas terminaram antes do previsto em virtude da alta procura pelo imunizante. O município aguarda a chegada de nova remessa para definir a próxima ação de vacinação.


Foto: Anselmo Cunha (Especial)

A novidade da vez foi o drive-thru no estacionamento do Shopping Praça Nova, que substituiu o dirve-thru do Parque da Medianeira. Meia hora antes do início da aplicação das doses, 550 carros aguardavam no estacionamento, dispostos em fileiras organizadas por agentes de trânsito. Após as 8h, as fileiras eram liberadas, aos poucos para a frente do shopping, onde estavam montadas as tendas para cadastro e vacinação. O primeiro carro da fila foi estacionado ainda na tarde do dia anterior, mas os ocupantes chegaram em definitivo apenas por volta de 7h da manhã. Usando um terno, José Vitor Gonçalves Marques, de 67 anos, foi trazido por familiares para receber a dose da CoronaVac.

- Estou bastante contente, esperava muito. No meu ponto de vista, é a única alternativa para combatermos a pandemia - disse o idoso.


Foto: Anselmo Cunha (Especial)
José Vitor Gonçalves Marques aguardava ansioso pela vacina

O aposentado Élio Ramiro da Silva Félix, de 66 anos, estacionou o carro na fila às 22h de quarta-feira. Naquele momento, mais de 100 pessoas já haviam feito o mesmo. Ele retornou ao local pela manhã para ser imunizado.

- Para mim é um prazer estar aqui. A gente fica muito agradecido e espero que todos venham se vacinar. É uma oportunidade que a gente tem para terminar com esse vírus - disse Élio, que elogiou a organização no local.

Ação realizou drive-thru solidário na antiga Reitoria da UFSM

Conforme o secretário de Mobilidade Urbana, Orion Ponsi, a opção pelo shopping foi feita para evitar os congestionamentos causados pela fila do drive-thru da Medianeira. O shopping reservou espaço para cerca de mil carros estacionados para a vacina, de forma que não houve espera em vias públicas.


Foto: Anselmo Cunha (Especial)
Volume de carros no estacionamento do Shopping

- Desde que iniciou a campanha em nível Brasil, a gente oficializou para a prefeitura que o Shopping Praça Nova disponbilizaria o espaço, que a gente queria estar junto nessa campanha - disse a superintendente do Shopping, Heliane Simones.

O Clube Dores também registrou grande procura. Até às 10h, todas as mil fichas foram distribuídas. Apesar disso, não houve registro de aglomeração. Os idosos foram recebidos no ginásio do clube, onde aguardaram sentados até serem chamados.

DOSES ABAIXO DO ESPERADO

O primeiro o local a ser fechado após aplicar todas as doses disponíveis foi a UBS Kennedy, no Bairro Salgado Filho. Ali, foram aplicadas 540 doses das 610 previstas até as 9h15min. O menor número de doses aplicadas é explicada por problemas no envaze das doses. A vacina é distribuída aos municípios em frascos com 10 doses. Entretanto, conforme o secretário de Saúde Guilherme Ribas, o rendimento de cada frasco está em torno de nove doses, o que faz com que o número de doses aplicadas seja menor do que o anunciado previamente. 

Ocupação de leitos de UTI na rede pública ultrapassa os 100%

Contatada por e-mail, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou o problema, que não é restrito a Santa Maria e já foi observado em outros municípios. "É um problema com a calibragem que precisa ser observado por quem faz o envasamento. O Ministério aciona e auxilia na correção", informou a SES. As vacinas CoronaVac são produzidas e envasadas no Instituto Butantan, em São Paulo.


Foto: Anselmo Cunha (Especial)
Frascos não renderam as 10 doses esperadas

Antes das 11h, a vacinação foi encerrada também no Clube 21 de Abril, no Bairro Itararé, na UBS Oneyde de Carvalho, no Bairro Lorenzi, na ESF Vitor Hoffmann, na Vila Rossi, e na UBS Passo das Tropas.

MÚSICA E SOLIDARIEDADE

No drive-thru de vacinação na UFSM, a violinista Regina Sachet Guerra fez uma apresentação solo aos servidores da saúde e aos vacinados. A artista integra a Orquestra Sinfônica de Santa Maria e representou a instituição na iniciativa.

Leia mais notícias sobre saúde

Mais uma vez, a campanha Vacinação Solidária arrecadou alimentos não perecíveis para o Banco de Alimentos. No drive-thru do Shopping Praça Nova, uma rede de supermercados fez a doação de 200 cestas básicas.



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190