covid-19

Desde início da pandemia, UPA 24h registra mais de 40 mil consultas

Só no mês de dezembro, o número de atendimentos alcançou 8,7 mil

Natália Müller Poll
Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)


Foto: Pedro Piegas (Diário)

Nove meses após o primeiro registro de coronavírus em Santa Maria, os números crescentes da Covid-19 no município preocupam. São mais de 12 mil casos positivos da doença, 150 óbitos decorrentes dela, e os casos ativos que ultrapassam os 1 mil. Dezembro foi, até então, considerado o mês mais crítico.

A Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA), que é referência em atendimentos Covid, já fez 40,2 mil consultas desde 19 de março. A média de coletas para testagem PCR foi de 1,7 mil por mês. Conforme a administradora da UPA, Manuela Trevisan, somente no mês de dezembro, o número de atendimentos alcançou 8,7 mil.

Atualmente, as autoridades de saúde seguem orientando sobre evitar aglomerações. Sendo assim, a procura por atendimento telefônico ainda é opção de muita gente que está com os sintomas.

Mapa preliminar coloca Santa Maria na bandeira laranja depois de cinco semanas

O Disque Covid - central de atendimento da Universidade Federal de Santa Maria - teve picos de ligações em março e abril. Até agora, já são mais de 12 mil pessoas atendidas pela central, e o dia de maior fluxo de ligações foi em 20 de março.

- Um segundo pico de ligações ocorreu em julho, e, desde então, seguiu uma constante até dezembro, mês em que houve muitas ligações e muitas notificações - explica Gustavo Dotto, vice-coordenador do Disque-Covid UFSM.

O Alô Doutor, que é o canal de atendimento remoto da Unimed Santa Maria, já realizou 16,7 mil atendimentos telefônicos para Covid desde o início da pandemia, em março de 2020. As primeiras semanas de funcionamento do serviço - em março - foram os dias de maior fluxo de ligações, chegando a 2,8 mil em apenas 15 dias. O Lauduz, serviço de telemedicina por videochamada, encerrou os atendimentos em maio com mais de 3,4 mil registros de consultas. (Veja ao lado os telefones que ainda estão ativos no atendimento da Covid).

VÍDEO: veranistas aproveitam o feriado e o calor em balneários

EM QUE CASOS BUSCAR AJUDA  

No decorrer dos últimos meses, algumas orientações à população foram revistas, a lista de sintomas aumentou, e a busca por atendimento ainda gera dúvidas. Anteriormente, quem tinha histórico de viagem, contato próximo com alguém que testou positivo ou qualquer sintoma isolado, deveria buscar atendimento, com urgência, nas emergências e pronto-atendimentos da rede pública e privada. Depois, a recomendação foi tirar dúvidas pelo telefone - por meio das centrais disponíveis - antes de procurar o serviço de saúde presencialmente.  

Para quem ainda prefere o atendimento presencial, a UPA 24 horas é o local referência da cidade. Conforme o médico infectologista Guilherme Weber, devem procurar atendimento pacientes que apresentem sintomas gripais como febre, tosse, coriza, cefaleia, dor de garganta, perda de cheiro ou paladar e diarreia.

- Tendo pelo menos dois desses sintomas, a pessoa já teria indicação de coleta - explica.

Na região, apenas o balneário de Santiago segue impróprio para banho

O coordenador de enfermagem e responsável técnico da UPA, Jonatas Wrague, explica que, aos que buscarem o atendimento direto na unidade, devem estar atentos às medidas de prevenção, como distanciamento, uso de máscara, aferição de temperatura corporal e uso do álcool gel.

- É normal que existam filas, então, a gente tenta organizar da melhor forma, para que se tenha o máximo de segurança entre os pacientes. Não temos espaço físico para separar pacientes com sintomas evidentes de algum tipo de síndrome respiratória daqueles que não tenham esses sintomas. Mas deixamos um lado das cadeiras da recepção para cada público - destaca o responsável técnico da UPA. 

Unimed agora tem pronto-atendimento só para pacientes com suspeita de Covid

No setor privado, a novidade é o Posto de Triagem da Unimed, que foi montado para pacientes que estão com sintomas da Covid-19. A estrutura passou a funcionar em 23 de dezembro e vai atender das 10h às 22h, com acesso pela Rua Barão do Triunfo, ao lado da entrada do Hospital da Unimed.

Conforme a assessoria de comunicação da instituição, o posto é temporário e tem o objetivo de evitar o contato de pacientes com suspeita de Covid-19, com pacientes de outras enfermidades. Mesmo que não seja obrigatório que o paciente ligue antes de ir até o local, a orientação é telefonar para o Alô Doutor, que tem atendimento 24h, para receber as orientações necessárias.

Ainda na rede privada, há o Pronto-Socorro 24 horas do Hospital Alcides Brum. No local, tem setor de triagem, setor de diagnóstico por imagem, laboratório de coleta, bloco cirúrgico e unidade de internação.  

Abaixo, você confere os locais que atendem presencialmente pacientes com sintomas de Covid-19.

Santa Maria vai receber cinco novas academias ao ar livre

Como o paciente é atendido ao chegar na UPA 24 horas

  • Primeiro, o paciente aguarda o atendimento na recepção. É importante salientar que há possibilidade de filas. A temperatura corporal é aferida, e, em caso de sintoma febril, o paciente já é encaminhado para o setor de pacientes com suspeita de Covid-19 para preenchimento da ficha
  • Depois, o paciente é acolhido e responde a um questionário, que ajuda as equipes médicas a classificar a gravidade da situação de saúde
  • O terceiro momento é o da consulta médica, onde o médico vai solicitar o exame e encaminhar para coleta, além de prescrever o que é necessário ao paciente (remédios ou internação). No caso de sintomas graves, a internação é aconselhada mesmo sem a necessidade do resultado positivo

TELEFONES PARA ORIENTAÇÕES - Onde buscar atendimento sem sair de casa

  • Disque Covid, da UFSM - (55) 3220-8500 - Das 10h às 16h, voltado à comunidade interna e externa. Todas as orientações serão repassadas por uma equipe de estudantes, colaboradores e profissionais de saúde treinados no Centro de Ciências da Saúde (CCS)
  • Alô, Doutor, da Unimed Santa Maria - (55) 3220-0535 ou 0800 0516600. Voltado, prioritariamente, para clientes Unimed. As linhas telefônicas funcionarão 24 horas e, do outro lado da linha, um médico especialista será responsável pelos atendimentos
  • Disque Vigilância, da Secretaria Estadual da Saúde (SES) - Telefone -150 - e-mail - [email protected] - De segunda a sexta-feira, das 8h30min às 22h. Aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 20h
  • Disque Saúde, do SUS - Telefone -136 - De segunda a sexta, 8h às 20h. Sábado, das 8h às 18h

Atendimento na rede privada - Onde buscar ajuda presencial 

  • Hospital Alcides Brum - Pronto-Socorro 24 horas, com setor de triagem, setor de diagnóstico por imagem, laboratório de coleta, bloco cirúrgico e unidade de internação. Rua Floriano Peixoto, 1.772, Centro (anexo ao Hospital de Caridade Dr. Astrogildo de Azevedo)
  • Posto de Triagem da Unimed - Para pacientes que estão com sintomas da Covid-19. Das 10h às 22h. Na Rua Barão do Triunfo, ao lado da entrada do Hospital da Unimed



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190