programa faz sentido

Como se comunicar com habilidade é tema abordado no programa Faz Sentido deste domingo

Conheça dicas importantes para não errar na hora de se comunicar

Foto: Reprodução

Saber se comunicar também é uma arte e uma questão de habilidade. Quem já não foi mal interpretado ou passou por situações complicadas por falta de comunicação? No entanto, o problema nem sempre está na mensagem, mas na maneira em como ela é transmitida.

No programa Faz Sentido do último domingo, a jornalista Fabiana Sparremberger e o psicólogo Carlos Eduardo Seixas, o Cadu, com base em experiências profissionais e pessoais, abordaram o assunto com os telespectadores da TV Diário e ouvintes da CDN.

Segundo Fabiana, toda comunicação envolve transferência e significado, ou seja, tem que fazer sentido:

- Se você falar e ninguém ler ou ver, não haverá comunicação. Para haver comunicação também é necessário ter compreensão. É importante, também, conhecer os conceitos a respeito da forma de se comunicar, que pode ser com palavras ou apenas com gestos.

Conforme Cadu, no momento atual, as conversas, por exemplo, têm sido substituídas por outras formas de se comunicar:

- Tudo é emoji e caracteres. Por isso, precisa-se compreender o lugar, a cultura e com quem vamos nos comunicar. No jornalismo, por exemplo, existem formas específicas de se passar um recado. Já na psicologia, essas maneiras podem não ter sentido. Isso ocorre em diversas áreas de atuação e até mesmo em famílias.

Ainda segundo o psicólogo, você vai agir de determinada maneira com um colega, um conhecido ou um amigo, mas, talvez, para se comunicar com o chefe, terá outro comportamento. O uso de palavrões, para algumas pessoas, é recorrente, porém, para outras, é desconfortante. Comunicação eficiente considera tanto quem fala quanto quem escuta:

- Deve-se levar em consideração as características pessoais. Desse modo, você irá desenvolver uma melhor relação com a pessoa, sem feri-la ou passar dos limites. A gente precisa se sintonizar para diminuir as distorções e os ruídos, bem como uma estação de rádio que precisa ser regulada para se ouvir com clareza.

O que, afinal, deu errado para Santa Maria sobre a ESA?

 Fabiana pontua que a verdadeira arte de se comunicar vai além das telas dos computadores.

- No mundo corporativo, a boa comunicação interna, com a equipe, e a externa, com a audiência, são fundamentais.

QUEM NÃO SE COMUNICA...
Confira, abaixo, conceitos importantes para desenvolver a habilidade de emitir e receber uma mensagem com eficácia

  • Comunicação não verbal - Em meio ao dia a dia, agimos por impulso sem perceber. São as famosas explosões ou paralisias, tudo depende da personalidade. Um mal entendido por ser gerado por algo simples, devido a uma excitabilidade emocional. Se você está sentindo raiva e transparece atingindo uma pessoa, você irá afetar a relação que existia ali. Sentir raiva não é o problema, e sim como você irá tratar essa raiva. Coloque-se no lugar do outro.
  • Comunicação assertiva - É, basicamente, uma comunicação equilibrada, onde permanece a harmonia. É organizar o interesse em discutir e sobre o que irá querer comunicar, e que tipo de ideia e solução poderá transparecer com o que for falado. O tom de voz também é um aspecto da comunicação.
  • Tolerância - O ouvinte também precisa ser tolerante, ou seja, permanecer no papel mais passivo da escuta para que não haja desdobramentos na hora da comunicação.
  • Responsabilidade - Somos responsáveis por aquilo que dizemos, não necessariamente pelo que entendem". Isso significa o quanto é importante deixar os aspectos claros durante uma conversa, porém, nem sempre a compreensão ocorre como se deseja.
  • Clareza - Para uma boa comunicação, seja claro. Se você apenas levar até a pessoa um incômodo, um problema que muitas vezes não faz nem parte do outro, ou precisa desabafar com alguém, você acaba quebrando a comunicação e gerando um outro conflito.
  • Acordo - Às vezes, será necessário combinar o que vale na comunicação. E, em algumas situações, algumas rotinas serão mudadas. Avalie, também, qual o melhor momento para comunicar algo. Em uma conversa, não exponha apenas pontos negativos ou problemas e não coloque palavras na boca dos outros.

Fonte: Carlos Eduardo Seixas e Fabiana Sparremberger

DEIXA FLUIR
O Faz Sentido foi às redes sociais e fez as seguintes perguntas:

  • Você é bem entendido quando se comunica? - A maioria, 63%, afirma que é bem entendido, e 37% dizem não serem bem compreendidos quando se comunica.
  • É mais fácil falar ou ouvir? - 33% das pessoas disseram que, para elas, é mais fácil falar, mas a maioria, 67%, dizem que é mais fácil ouvir
  • O que é uma conversa empática? - Entre as principais respostas, o público destacou: saber ouvir, colocar-se no lugar do outro, não interromper com as próprias questões
  • Você tem dificuldade em dizer não? - 30% das pessoas afirmaram não ter dificuldades. No entanto, para 70%, isso ainda é um desafio que precisa ser vencido

PROGRAMA FAZ SENTIDO

  • Quando - Domingo, das 11h ao meio-dia
  • Tema - Neste domingo,o assunto são os estigmas das profissões. Você já sofreu preconceito devido à profissão que exerce? Confira as experiências de profissionais de diversas áreas com essa situação
  • Como acompanhar - Pela CDN, 93.5 FM, e pela TV Diário, nos canais 26 e 526 da NET, no YouTube da TV Diário e site do Diário
  • Apresentadores - Jornalista Fabiana Sparremberger e psicólogo Carlos Eduardo Seixas

*Colaborou Emanuely Guterres


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190