pandemia

Com estoques críticos, governo do Estado pede ajuda com kit intubação

Espanha anunciou que vai doar medicações para o Brasil

Foto: Felipe Dalla Valle (Piratini) 

O governador Eduardo Leite enviou, nesta quinta-feira, novo pedido de medicamentos do kit intubação ao Ministério da Saúde. O ofício, dirigido ao ministro Marcelo Queiroga, traz uma tabela com diversos medicamentos em estoques críticos nos hospitais gaúchos, entre eles Atracúrio, Atropina, Cisatracúrio, Diazepam, Midazolam e outros. O governador solicita, no total, o envio de 22 itens de medicamentos usados na intubação de pacientes com coronavírus.

- A situação é desesperadora. Precisamos com urgência que o Ministério da Saúde nos auxilie a repor os estoques dos hospitais, sob pena de os pacientes intubados acordarem sem medicação, e isso seria terrível -afirma a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

Seringas podem ser testadas para confirmar quantidade de doses por frasco de vacina

Apesar de a aquisição dos medicamentos do chamado kit intubação ser de responsabilidade dos hospitais, a Secretaria da Saúde, em função do agravamento da pandemia, realiza um levantamento semanal com hospitais e pronto atendimentos sobre o estoque dos 22 medicamentos para intubação. A ação de rotina visa acompanhar a quantidade de cada um na rede hospitalar, que sofre escassez desde julho do ano passado, em decorrência da pandemia de Covid-19. Já foram adquiridos medicamentos no mercado nacional e internacional, tanto pelo Ministério da Saúde quanto pelo Estado do RS.

Em 2020, foram distribuídos cerca de 150 mil frascos de medicamentos e, em 2021, já foram entregues, em 10 remessas, cerca de 225 mil frascos, entre aquisições do Ministério da Saúde e do governo do Estado. As entregas foram feitas pelo Exército em hospitais da capital e do interior. No momento, não há estoque para ser distribuído.

MINISTRO GARANTE QUE EXISTE AUXÍLIO AOS ESTADOS
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou em entrevista coletiva que a pasta está auxiliando os estados no fornecimento de medicamentos utilizados na intubação de pacientes com covid-19. Ele falou sobre questionamentos à atuação da pasta sobre o tema, como feito pelo governo de São Paulo.  

O titular do ministério argumentou que essa responsabilidade quanto aos insumos para intubação é dos estados, mas que apesar disso, o governo federal vem auxiliando com a requisição administrativa de estoques adicionais de empresas, com a aquisição da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), por meio de pregões eletrônicos e por doações recebidas da iniciativa privada.

ESPANHA VAI DOAR MEDICAMENTOS AO BRASIL 
O Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, emitiu um comunicado na para agradecer a doação, por parte do governo da Espanha, de medicamentos do kit intubação, usado no tratamento de pacientes graves internados com covid-19.

De acordo com a pasta, a doação será efetivada por meio da Direção-Geral de Proteção Civil e Operações Europeias de Ajuda Humanitária do governo espanhol e atende a uma solicitação do Ministério das Relações Exteriores, por meio da Embaixada do Brasil em Madri e da Missão do Brasil junto à União Europeia.

"O governo brasileiro agradece a generosidade do governo da Espanha, que anunciou a doação de medicamentos do chamado 'kit intubação' para abastecer os estoques dos hospitais brasileiros na linha de frente do combate à covid-19", diz a nota.

A previsão é que os medicamentos saiam da Espanha no final da próxima semana com destino ao Brasil.

Na quarta-feira, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou a liberação de importação direta de insumos para acelerar o acesso a medicamentos do kit intubação. A medida autoriza o registro e importação de medicamentos anestésicos, sedativos, bloqueadores neuromusculares e de outros fármacos hospitalares usados no tratamento da covid-19 de empresas que ainda estão sem registro.

Com informações do Governo RS e Agência Brasil 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190