pandemia

'A população não tem que discutir. É só seguir', afirma infectologista sobre vacinação

Imunização em Santa Maria deve começar até quinta-feira

18.404
Foto: Foto: Felipe Dalla Valle (Governo do Estado)

Foto: Felipe Dalla Valle (Governo do Estado) 

O início da campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 não é a solução dos problemas que enfrentamos atualmente. Entretanto, é só a partir dela que conseguiremos, aos poucos, retornar à normalidade - mas o caminho é longo e duro. Nesta primeira etapa, com a aprovação do uso emergencial das vacinas no país, as 341,8 mil doses da CoronaVac que chegam ao Estado às 20h25min desta segunda-feira, serão suficientes para imunizar 168 mil gaúchos, a começar pelos profissionais da saúde. 

A prefeitura de Santa Maria afirma que tem condições de vacinar até 15 mil pessoas por dia, a depender da disponibilização das doses pelos governos federal e estadual. Nos últimos dias, após o pedido de uso emergencial dos imunizantes à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), diversas pessoas mostraram preocupação, em especial, ao uso da CoronaVac, produzida pelo instituto Butantã em parceria com a chinesa Sinovac, com eficácia comprovada de 50,4%. Sobre os questionamentos em relação à vacina, a médica infectologista Jane Costa é contundente: 

- Temos uma Sociedade Brasileira de Imunizações. O protocolo já está desenhado. A população não tem que discutir. É só seguir. Porque no Brasil todo mundo acha que pode discutir tudo? 

AO VIVO: doses serão suficientes para vacinar 168 mil gaúchos

A médica reforça que as medidas para evitar a disseminação do coronavírus, como o uso de máscara e álcool gel, além do distanciamento social, seguem sendo imprescindíveis, principalmente neste momento em que é observada uma alta do número de casos. 

- Temos seis milhões de doses para o Brasil inteiro. Isso representa o que? Nada. Isso (protocolos) continua absolutamente tudo igual - reforça a infectologista. 

VACINAÇÃO 

O médico infectologista Fábio Lopes Pedro afirma que é necessário uma vacinação em massa da população, principalmente em função da eficácia comprovada da CoronaVac que, até o momento, é a única vacina à disposição para os grupos prioritários. 

Doses de vacina da Covid-19 chegam pela noite no Rio Grande do Sul

- Com essa redução de risco relativo, necessitamos vacinar em massa a população para que tenhamos algum efeito em termos de diminuição de internação e outros critérios - afirma. 

A prefeitura de Santa Maria espera começar a vacinação na cidade para os grupos prioritários até a próxima quinta-feira.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190