covid-19

8,3 mil idosos têm segunda dose da vacina adiada em Santa Maria

Medida foi tomada por falta do envio da vacina CoronaVac. Falta de imunizantes se dá em função de atrasos na entrega de novos lotes pelo Instituto Butantan

18.398
Foto: Foto: Anselmo Cunha (Arquivo/Diário)


Foto: Anselmo Cunha (Arquivo/Diário)/

A prefeitura de Santa Maria informou, na manhã desta quarta-feira, que as duas próximas ações programadas de aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 tiveram que ser adiadas temporariamente em função do não recebimento de doses. A medida, segundo o Executivo, é válida para 6.074 pessoas de 65 anos ou mais, que receberam a vacina CoronaVac em 1º de abril, e para 2.262 pessoas de 64 anos ou mais, que também receberam a vacina CoronaVac, porém em 3 de abril. Essas pessoas teriam de completar o quadro vacinal nesta quinta-feira e no próximo sábado. Ao todo, são 8.336 idosos que devem ficar com a segunda dose atrasada no município.

Boletim municipal confirma mais quatro óbitos relacionados à Covid-19

A previsão do Ministério da Saúde dada ao governo do Estado é que nova remessa de doses da CoronaVac cheguem ao Estado na semana que vem e sejam enviada aos municípios a partir de 3 de maio. Conforme a prefeitura, no momento em que Santa Maria receber novo quantitativo, serão informadas as novas datas para aplicação da segunda dose desse público. Ações de aplicação da dose dois previstas para a próxima semana serão avaliadas. A falta de imunizantes se dá em função de atrasos na entrega de novos lotes do produto envasado pelo Instituto Butantan.

Estado publica decreto que permite aulas presenciais em todos os níveis de ensino

Conforme o Ministério da Saúde, o intervalo maior de 28 dias entre uma dose e outra não prejudica a eficácia da vacina contra a Covid-19. Uma nota técnica do governo federal afirma que a segunda dose deve ser tomada mesmo que haja atraso em relação ao prazo recomendado.

Atualmente, o Brasil conta com duas vacinas disponíveis, ambas com a necessidade de duas doses para garantir a imunização completa. A Sinovac/Butantan, responsável pela CoronaVac, deve ter a aplicação da segunda dose no intervalo de quatro semanas. Já a AstraZeneca/Fiocruz, responsável pela vacina de Oxford, o intervalo é de 12 semanas.

CONTINUIDADE DA VACINAÇÃO
Segundo informou a prefeitura, o adiamento da aplicação das segundas doses se dá somente em ações que tiveram grande número de pessoas, uma vez que o ciclo vacinal seguirá ocorrendo. A previsão do Estado é que até o fim desta semana sejam enviados aos municípios gaúchos quantitativos de vacinas de Oxford. Essas serão destinadas para a aplicação da primeira dose às pessoas de 60 anos ou mais, com ação a ser confirmada.

Na terça-feira, ocorreu vacinação aos idosos de 61 anos ou mais, que receberam a primeira dose do imunizante de Oxford contra a Covid-19. Das 5.050 vacinas disponíveis, foram aplicadas 3.147 doses. As ampolas que sobraram estão armazenadas para serem usadas em novas ações. Já as doses aspiradas, ou seja, com o líquido já na seringa, foram destinadas para acamados cadastrados ou voluntários da saúde que atuam nas ações, conforme histórico de participação.

De acordo com o Vacinômetro da prefeitura, 87.027 pessoas já foram vacinadas em Santa Maria - sendo 61.795 que receberam a primeira dose e 25.232 a segunda aplicação. No total, o município recebeu 105.750 doses. Conforme o sistema, a diferença entre as segundas doses recebidas e distribuídas é de 8.419. Dessas, 4.070 são de vacinas CoronaVac. Esse quantitativo não é suficiente para ser usado nas próximas ações, mas não ficarão estocadas. Essas doses serão usadas para completar o ciclo vacinal de acamados e cuidadores, além de profissionais da saúde e de moradores de distritos. O restante - 4.349 - são vacinas de Oxford, que estão sendo usadas para trabalhadores da saúde.

VACINA DA GRIPE x VACINA DA COVID-19 
A partir de 11 de maio começa, nos postos de saúde, a vacinação da gripe para os idosos. É válido lembrar que quem tomou a primeira ou segunda dose da vacina contra a Covid-19 espere um período mínimo de 14 dias para tomar a vacina contra a influenza. Os idosos que terão uma nova data para a segunda dose da CoronaVac precisam observar esse intervalo antes de tomar vacina contra a gripe. 

* Com informações da prefeitura


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190