assembleia

Valdeci Oliveira cobra resultados do Auxílio Emergencial Gaúcho

Audiência pública, nesta segunda-feira, vai debater a implementação do programa, além de cobrar por transparência

Maurício Araujo

A luta do deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) para a implementação do Auxílio Emergencial Gaúcho continua. Setores incluídos no auxílio têm buscado o parlamentar para relatar sobre a burocracia no acesso à ajuda financeira. O ritmo do pagamento também preocupa o parlamentar, que é um dos líderes da mobilização no Rio Grande do Sul. Para discutir o assunto e verificar as possibilidades, a Comissão de Economia da Assembleia Legislativa promoverá, às 10h de hoje, uma audiência pública. A realização do debate é uma iniciativa da bancada do Partido dos Trabalhadores.

Liberdade Econômica é ganho real ao empreendedorismo local

Conforme o deputado, será cobrado do governo do Estado a apresentação dos números e do andamento do programa - que foi aprovado em 6 de abril deste ano. Valdeci também cobra o retorno sobre o pedido oficial feito ao Executivo gaúcho sobre o tema. O parlamentar afirma que é preciso ter mais transparência e quer garantir a efetividade do auxílio.

- Estou há mais de três meses aguardando por informações que deveriam ser públicas. Uma das coisas que quero saber, por exemplo, é quantas mães solo santa-marienses tiveram acesso ao programa. O auxílio tem que funcionar na prática e de forma transparente. Espero que a audiência contribua nesse sentido - diz o deputado estadual.

RENDA BÁSICA

Além de trabalhar para a implementação do Auxílio Emergencial Gaúcho, o deputado Valdeci Oliveira luta para aprovar na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei que cria a Política Estadual de Renda Básica Emergencial, e o PL que cria a Política de Renda Básica de Cidadania, de caráter permanente. O primeiro já foi aprovado nas comissões de Constituição e Justiça e de Cidadania e Direitos Humanos, e, agora, está em análise na Comissão de Segurança e Serviços Públicos do Parlamento.

Segunda-feira começa com tempo nublado e alerta de tempestade para municípios gaúchos

- Queremos que a Renda Básica vire lei estadual no Rio Grande do Sul o quanto antes. Independentemente do governo de plantão, essa ferramenta é uma potente ação de inclusão social e de aquecimento da economia. A pandemia atestou isso - finalizou Valdeci.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 

© 2021 NewCo SM - Empresa Jornalistica LTDA


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7188
(55) 3213-7190