na região

VÍDEO: divisa de municípios gera transtorno para moradores

Moradores de Cerro da Porteirinha, entre Santa Maria e Dilermando de Aguiar, afirmam que divisa foi alterada

18.295
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)

Foto: Renan Mattos (Diário)
Joaquim é morador da localidade há 58 anos e diz que mudança só foi percebida há dois anos

A comunidade de Cerro da Porteirinha, que fica na divisa dos municípios de Santa Maria e Dilermando de Aguiar, deve receber, na próxima semana, uma resposta para a situação que tem gerado transtornos e muita dor de cabeça para os moradores. É que a localidade fazia parte do território santa-mariense, mas, desde que Dilermando se emancipou, há cerca de 20 anos, um novo estudo teria deixado os seus habitantes pertencendo ao novo município, e foi aí que os problemas começaram. 

Nas redes sociais, Bolsonaro e Mourão falam sobre a Amazônia

Segundo o agricultor Joaquim Francisco de Mello Massen, 58 anos, a mudança só foi percebida há dois anos, quando uma placa, que delimitava os territórios, foi colocada em outro lugar. O agricultor salienta, ainda, que, pela nova divisa, feita de acordo com as Cartas do Exército, parte da propriedade dele ficou dentro do território de Santa Maria, enquanto que a outra parte ficou para Dilermando. Ele comenta que os cerca de 50 moradores querem que a documentação que determina o local exato dos limites entre os municípios seja revista.

Veja, no mapa abaixo, onde fica a divisa reconhecida pelos moradores de Cerro da Porteirinha e, também, a divisa geográfica segundo as Cartas do Exército.


No entanto, conforme o chefe de gabinere da prefeitura de Dilermando de Aguiar, Upiragibe Ferrari Pinheiro, não há dúvidas sobre a divisa entre os dois municípios.

-  Essa é uma situação que, até termos sido chamados, não tínhamos conhecimento. Para nós, não há dúvida nenhuma. Quando o município se emancipou, foi feita a divisa pelo mapa do distrito de Dilermando, que sempre foi no mesmo lugar. Essa placa que os moradores alegam ter sido mudada de lugar, não é verdade. A divisa sempre ficou no mesmo local, nós não alteramos nem uma vírgula - salienta Upiragibe.

Deputado gaúcho vai participar de comissão sobre a Defensoria Pública da União

Para o presidente do Instituto de Planejamento de Santa Maria, Daniel Pereyron, é necessário que haja um consenso entre os dois municípios para que a situação seja resolvida.

- Historicamente, os moradores entendiam a divisa em um ponto e, com a emancipação, foi determinado que ficaria em outro ponto. Se comprovado que há esse entendimento histórico, é justificável que se mantenha a documentação para Santa Maria, mas é preciso haver interesse dos dois municípios - esclarece.

No dia 5 de agosto, a Comissão de Políticas Públicas, Assuntos Regionais e Distritais da Câmara de Vereadores de Santa Maria realizou uma reunião extraordinária com a comunidade do Cerro da Porteirinha. Na ocasião, o vice-prefeito de Santa Maria, Sérgio Cechin, o presidente do Instituto de Planejamento de Santa Maria, Daniel Pereyron, o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Delcimar Borin, o presidente da entidade, Celio Fontana e o chefe de gabinete da prefeitura de Dilermando de Aguiar, Upiragibe Ferrari Pinheiro, estiveram presentes. Uma nova reunião entre os Poderes Executivos dos dois municípios foi marcada, e o prazo para determinar o que será feito acaba neste domingo.

Foto: Renan Mattos (Diário)
O agricultor mostra o mapa da divisa entre os dois municípios


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190