eleições 2020

VÍDEO: depois de farpas, debate termina em tom amistoso entre candidatos

Encontro ocorreu na sede do Diário, na noite desta quinta-feira

18.398
Foto: Foto: Renan Mattos (Diário)


Foto: Renan Mattos (Diário)/
Candidatos se cumprimentaram em tom amistoso no final do primeiro debate antes do enfrentamento no segundo turno das eleições

Para ajudar o eleitor na escolha do voto no dia do reencontro com as urnas, em 29 de novembro, o Diário promoveu o primeiro debate entre os candidatos Sergio Cechin (Progressistas) e Jorge Pozzobom (PSDB), que se encontraram para seis blocos de perguntas, respostas e, também, avaliações.

Partidos definem posicionamento entre Cechin e Pozzobom para o segundo turno

Esse foi o primeiro encontro entre os candidatos ao segundo turno na cidade antes do pleito, em 10 dias, que pode definir os votos indecisos dos santa-marienses. O formato reuniu as tradicionais perguntas temáticas, os questionamentos livres entre os prefeituráveis e interatividade dos eleitores. A mediação ficou a cargo do editor de Política do Diário, Marcelo Martins. Mais uma vez, a proposta participativa do evento contou com perguntas enviadas pelos próprios eleitores e selecionadas pelos jornalistas do Diário.

Em função da pandemia de Covid-19, o evento não teve plateia e o acesso na sede do jornal, onde ocorreu a transmissão, foi limitado. Os candidatos estavam acompanhados de cinco assessores, sendo que apenas um deles esteve dentro do auditório com o candidato. Todos os protocolos sanitários foram cumpridos, entre eles a verificação de temperatura, o distanciamento e o uso obrigatório de máscaras. 

Em debate acalorado, clima dos bastidores é tranquilo entre equipe dos candidatos

No primeiro bloco, cada prefeiturável teve dois minutos para fazer suas considerações iniciais. A ordem de apresentação de cada um foi definida por sorteio. Familiares, assessores e vices prefeitos acompanharam dos bastidores, do lado de fora do auditório. O primeiro a falar foi o candidato Sergio Cechin, que agradeceu os mais de 35 mil votos do primeiro turno. Na sequência, falou o candidato Jorge Pozzobom, que mostrou solidariedade aos profissionais da saúde no enfrentamento ao novo coronavírus. 

No segundo bloco, foram sorteados a pergunta e o primeiro candidato a responder ao questionamento, sobre o tema na área da saúde. Pozzobom começou falando sobre as ações e medidas realizadas pelo governo tucano no combate à pandemia e falou em abandono do vice no enfrentamento à Covid-19. Em sua fala, Cechin disse que Pozzobom se fechou em uma redoma e que faria diferente. 

Na sequência, foi a vez do debate livre sobre a temática. Cada candidato teve o tempo total de quatro minutos para aprofundar suas propostas sobre a saúde. Pozzobom garantiu orçamento para a compra de vacina para a Covid-19 à população. Em contrapartida, Cechin disse que a saúde tem que voltar a ser referência na cidade. O segundo tema sorteado foi referente à gestão pública. Os candidatos começaram respondendo a um questionamento enviado por um leitor, que indagou sobre aposentadoria e funcionalismo público. Os dois trocaram farpas em relação à experiência na administração da máquina pública. 

No terceiro bloco, um novo sorteio foi feito e o primeiro candidato a responder aos questionamentos foi Sergio Cechin. O tema sorteado foi infraestrutura. Cechin iniciou a fala abordando o serviço de pavimentação das vias e calçamento participativo. Pozzobom relembrou ações já feitas de manutenção nos distritos. Cechin criticou licitações e Pozzobom rebateu falando sobre irresponsabilidade financeira do oponente. 

A segunda e última pergunta do bloco foi sobre o tema mobilidade urbana. Questionados sobre carroças, os candidatos destoaram do tema e falaram sobre outros assuntos. Pozzobom diz que não resolveu questão das carroça por conta da pandemia. Cechin falou em obras de duplicação e não retomou a temática. Sobre falha na coleta seletiva, Pozzobom aponta vandalismo de contêineres, e Cechin destaca educação ambiental nas escolas. O transporte público também foi um assunto abordado na fala dos candidatos.  

O quarto bloco teve início com a fala do candidato Jorge Pozzobom, que respondeu aos questionamentos sobre meio ambiente. Em relação à falha na coleta seletiva, Pozzobom apontou o vandalismo de contêineres, e Cechin falou sobre alagamentos e educação ambiental nas escolas. O bem-estar animal também foi lembrado pelos dois candidatos. 

A segunda e última pergunta sorteada foi sobre saúde e desenvolvimento. Pozzobom alfinetou Cechin e o candidato à vice-prefeito, Francisco Harrisson. Cechin acusou Pozzobom de trabalhar sozinho e, por sua vez, o tucano rebateu alegando que foi o parceiro que o deixou sozinho. O bloco foi marcado por farpas pessoais entre os dois.  

No quinto bloco, os candidatos tiveram um minuto para fazer uma pergunta livre e dois minutos para a resposta. Réplica e tréplica tiveram um minuto cada. O candidato sorteado por primeiro foi Jorge Pozzobom. O tucano perguntou ao progressista sobre a compra de vagas em creches públicas. Já Cechin, indagou sobre os gastos com verbas da pandemia. Justificativas sobre medidas tomadas e alternativas no combate à Covid-19 dominaram o quinto bloco. 

No sexto e último bloco cada candidato teve dois minutos para avaliar o debate e mais dois debates para as considerações finais.  

Veja como foi a cobertura ao vivo com todas informações e os bastidores:


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190