varredura

Legislativo de Santa Maria deve revisar e atualizar leis defasadas

Câmara terá Comissão Especial de Desburocratização com objetivo de rever leis que precisam de atualização

Marcelo Martins
Foto: fOTO: Karohelen Dias/CVSM


Foto: Karohelen Dias/CVSM

A Câmara de Vereadores de Santa Maria quer, ao fim do recesso parlamentar, realizar uma ampla revisão de leis que, muitas vezes, são defasadas. A iniciativa é do vereador Pablo Pacheco (Progressistas). Ele irá replicar no município uma iniciativa que já existe na capital gaúcha, de autoria do vereador Felipe Camozzato (Novo).

Antes do recesso, Câmara de Vereadores tenta adiantar propostas para votação

Pacheco - que vem da iniciativa privada e é ambientado à máquina pública por ser consultor e entendedor de licitações e contratos - quer criar um ambiente mais propício e convidativo ao empreendedor e à própria sociedade. O vereador sabe que esse é um trabalho, que uma vez iniciado, deve perdurar, pelo menos, até o próximo ano. Para isso, ele está capitaneando a instalação de uma Comissão Especial de Desburocratização.
- A ideia é conhecer os processos, diagnosticar esses porblemas, bem como os entraves que envolvem as duas Casas. Assim, será possível ver onde há margem para consolidar a legislação, onde haverá revogação, alteração, e, até mesmo, manutenção dessas leis. É um trabalho necessário - diz Pacheco.

Quatro nomes confirmam inscrições para sucessão à Reitoria da UFSM

O ato de instalação, que ocorreu na última sexta-feira, contou com a presença de outros dois políticos, que estão ambientado à pauta: o vereador Felipe Camozzato e o deputado estadual Giuseppe Riesgo, ambos do Novo. Camozzato, na Câmara de Porto Alegre, promoveu a revogação de dezenas de leis já sem valia. Da mesma forma, Riesgo também tem atuado na mesma linha com a extinção de um leque de normas e leis, que já não funcionam mais. O trio converge em um mesmo entendimento: é necessário mapear e revisar o que há de normas e leis, já em desuso, e extingui-las.

PRAZO FIXADO
O vereador Pablo Pacheco sinaliza que os primeiros resultados da comissão devem ser vistos já no mês de agosto.
- A nossa meta é, até agosto, estar com toda legislação planilhada para analisá-las. E, depois, ver o que será feito com cada lei e decreto atualmente em vigência - projeta.
A comissão será presidida por Tubias Calil (MDB), Alexandre Vargas (Republicanos) é o vice-presidente, e Pablo Pacheco (PP) ficará com a relatoria dos trabalhos.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190