contatos Assine
política

Governo estuda diminuir Coordenadorias de Educação

11 Janeiro 2019 08:00:00

8ª Coordenadoria Regional de Educação, com sede em Santa Maria, é uma entre as 29 existentes no Estado

da redação
Foto: Foto: Germano Rorato (Arquivo Diário)

Foto: Germano Rorato (Arquivo/Diário)

O governo de Eduardo Leite (PSDB) está estudando uma reestruturação nas Coordenadorias Regionais de Educação (CREs), o que implicará em uma redução do número desses órgãos. Atualmente, há 29 coordenadorias mais a Divisão Porto Alegre (DPA). No final da tarde de quarta-feira, o governo divulgou uma nota oficial sobre o levantamento que será feito, levando em conta a diminuição de alunos na rede estadual nos últimos anos.

O estudo, conforme a nota da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), é preliminar e, por esse motivo, não há uma definição sobre o número de coordenadorias e de servidores. "A reformulação leva em conta benefícios pedagógicos, estruturais e nos recursos humanos", esclarece a nota. A secretaria ressalta, ainda, que a reestruturação é uma necessidade, já que, nos últimos 15 anos, a rede estadual de ensino registrou uma redução de 600 mil alunos.

Duplicação da RSC-287 é prioridade para AM Centro

A nota também frisa que as coordenadorias foram criadas antes dos anos 2000 para agilizar a comunicação entre as mais de 2,5 mil escolas estaduais e a Secretaria da Educação, portanto, anterior às inovações tecnológicas e virtuais, como o celular, e-mail e redes sociais, especialmente. Esse novo cenário, ressalta a nota, permite uma estrutura mais enxuta e sem onerar os cofres públicos.

A Região Centro é atendida pela 8ª Coordenadoria Regional de Educação, que abrange 23 municípios. Porém, há cidades pertencentes à Região Central que são vinculadas a outras CREs, como Tupanciretã e Jari, que são ligadas à de Cruz Alta, e São Gabriel, à de Santana do Livramento. O atual coordenador da 8ª CRE, José Luis Egress (MDB), disse que, por enquanto, não recebeu nenhum pedido da Secretaria Estadual de Educação sobre dados para o levantamento, e o que tem de informação é o que foi divulgado pela imprensa e pelo próprio governo do Estado. Contudo, ele, que é o professor de Letras, avalia como positiva a redução de coordenadorias.

- É importante que se faça uma reorganização sem prejuízo para as escolas, alunos e comunidade. Essa adequação homogênea, vejo como positiva - comenta Egress, que continua à frente da CRE, enquanto não há definição sobre os cargos regionais no governo Leite.

MAIS AMPLA
A reestruturação não deve se limitar às coordenadorias. "Estão sendo avaliadas formas de gestão otimizada em todas as áreas da Seduc. Transporte de alunos, realocação de servidores e todas as formas de redução de custos, sem perda na qualidade de serviço, serão adotadas", conclui a Secretaria da Educação.

RAIO X DA COORDENADORIA

Os números da 8ª CRE

  • 23 municípios
  • 103 escolas
  • 35 mil alunos (em 2017)
  • 3 mil professores
  • 850 servidores

Os municípios abrangidos 

  • Cacequi
  • Dilermando de Aguiar
  • Faxinal do Soturno
  • Formigueiro
  • Itaara
  • Ivorá
  • Jaguari
  • Júlio de Castilhos
  • Mata
  • Nova Esperança do Sul
  • Nova Palma
  • Pinhal Grande
  • Quevedos
  • Santa Maria
  • São Francisco de Assis
  • São João do Polêsine
  • São Martinho da Serra
  • São Pedro do Sul
  • São Sepé
  • São Vicente do Sul
  • Silveira Martins
  • Toropi
  • Vila Nova do Sul

fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7110
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)

para anunciar
(55) 3219-4243
(55) 3219-4249