susto

Câmara sinaliza com medidas mais restritivas frente à Covid

Três funcionários do Legislativo testaram positivo para o coronavírus

18.386
Foto: Foto: Assessoria CMVSM

Foto: Assessoria CMVSM

Um grupo de funcionários entregou, nesta quinta-feira, antes do começo da sessão plenária, um ofício (leia mais abaixo) ao presidente da Câmara de Vereadores de Santa Maria, Adelar Vargas (MDB), onde são solicitadas providências que deem um maior resguardo aos servidores frente aos três funcionários que testaram positivo para a Covid-19.

Partidos dão sequência às convenções

Ainda na terça-feira, chegou ao conhecimento da direção do Legislativo, a informação de que três funcionários da Casa foram diagnosticados. 

Na quarta-feira, o parlamentar Adelar Vargas, que preside a Câmara, e o procurador jurídico Lucas Saccol reuniram-se para dar início a um plano de ação para o enfrentamento dos casos e, principalmente, para tentar evitar um histeria na Casa do Povo.Assim, a Secretaria Municipal de Saúde foi acionada para disparar os protocolos preconizados. Uma normativa interna já foi emitida e é de conhecimento de todos na Câmara. 

Porém, as medidas inicialmente sinalizadas pela presidência não convenceram os servidores. A coluna falou com funcionários que se mostravam receosos e temerários de seguirem trabalhando na Câmara.

_ Vários setores do poder público estão em home office. A gente não está pedindo isso, mas queremos que, ao menos, não deem um aspecto de normalidade frente a um ato grave. Foi por isso que nos mobilizamos e pedimos por providências _ comentou um servidor público concursado, que pediu à coluna para não ser identificado.

SANITIZAÇÃO
Como medida efetiva, o presidente da Câmara emitiu uma ordem de serviço que prevê que de hoje até a próxima segunda-feira, o Legislativo não terá expediente, uma vez que toda a sede da Casa passará por serviços de sanitização e de desinfecção em decorrência dos três casos confirmados (veja mais no quadro). Assim, o expediente nesses dias será na modalidade de home office a observar o horário das 7h30min às 13h30min.

Lei das Máscaras está no Legislativo e poderá ser votada de novo

Outra medida é quanto à redução no número de assentos disponíveis que, agora, passará dos atuais 28 para 18. Adelar Vargas falou que a Casa, desde o primeiro momento que foi noticiada dos casos, já estava elaborando medidas de resguardo aos funcionários.

Veja, abaixo, as reivindicações apresentadas por servidores:

  • Comunicação interna imediata sobre servidores com suspeita de Covid-19
  • Realização de protocolo (quarentena) em caso de servidores contaminados
  • Garantia de testes aos servidores suspeitos
  • Instalação de tapetes sanitizantes em todas as entradas. Além disso, os tapetes devem ser utilizados conforme indicação do fabricante com troca diária da solução sanitária
  • Realizar as sessões plenárias somente de forma virtual. Medida preventiva que minimiza a circulação de pessoas nas dependências da Câmara
  • Suspensão das reuniões presenciais de comissão

Confira as principais ações que serão adotadas pela presidência:

  • A partir desta sexta-feira até a próxima segunda-feira não haverá expediente presencial em função de sanitização e desinfecção que a Casa passará
  • Número de assentos disponíveis nas galerias do Plenário passará das atuais 28 para 18 poltronas, respeitando o distanciamento entre as mesmas
  • Será ampliado o controle no acesso de visitantes aos gabinetes parlamentares e setores administrativos, com a finalidade de não ocorrer intenso fluxo de pessoas nas áreas comuns
  • Ampliar a frequência de limpeza das áreas comuns durante o horário de expediente, tais como, corrimões, elevador, banheiros, salas de reuniões e setores


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190