bloodhound

VÍDEO: quatro são presos por tráfico. Dois são investigados por assassinato

Drogas, armas e dinheiro falso foram apreendidos durante o trabalho da Polícia Civil em Tupanciretã

18.294

Quatro pessoas foram presas, na manhã desta terça-feira, durante a operação Bloodhound em Tupanciretã. Pela manhã, foram cumpridos um mandado de busca a apreensão e duas pessoas foram presas em flagrante. Outras duas pessoas foram presas preventivamente, investigadas por um assassinato que aconteceu no dia 1º de setembro no mesmo município.

De acordo com o delegado Adriano de Rossi, dois jovens, de 24 e 25 anos, foram presos preventivamente e investigados pelo assassinato de Diego Patrick Almeida Machado, 17 anos, morto com três tiros na Avenida Padre Roque Gonzales. A dupla, que é de Viamão, matou o adolescente em virtude de dívida de compra de drogas. O de 25 anos não possui antecedentes, já o suspeito de 24 tem passagens policiais por roubo majorado (à mão armada ou com participação de duas ou mais pessoas), porte ilegal de arma de fogo. A dupla foi levada ao Presídio Estadual de Júlio de Castilhos. 

Homem foge de presídio, mas é recapturado em Jaguari

Ainda durante o mandado de busca e apreensão no Bairro Gaúcho, os policias apreenderam drogas, armas, munições e dinheiro falso. No bairro, foram encontrados 385 gramas de maconha; 20 tijolos de maconha pesando mais de um quilo; 249 pedras de crack embaladas para venda; 62 pinos com cocaína; 140 pinos vazios que seriam preenchidos com droga, um caderno com anotações sobre tráfico de drogas, 35 munições de calibre 38, dois revólveres .38 (um deles com a numeração raspada); R$ 190 em dinheiro; R$ 575 em dinheiro falso e uma motocicleta. 


Na casa, duas mulheres, de 19 e 28 anos, foram presas em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma de foto de uso restrito. A mulher de 28 anos, que é de Tupanciretã, possui passagem policial por receptação. A jovem, de 19 anos, é de Porto Alegre e possui passagens por injúria e vias de fato. Ela teria chegado nesta semana na cidade para auxiliar na venda de drogas. As duas foram levadas ao Presídio Regional de Santa Maria. 

Os dois suspeitos pelo assassinato também vão responder pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

A operação, coordenada pelo delegado Adriano, de Tupanciretã, contou com apoio de policiais de Júlio de Castilhos, Pinhal Grande e Santa Maria. No total, foram 17 policiais e 5 viaturas envolvidos na ação. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190