incêndio na capital

Seguem as buscas aos bombeiros desaparecidos com reforço de equipe e ajuda de cães farejadores

Para avançar nas buscas, Corpo de Bombeiros e engenheiros avaliam estruturas em prédio da Secretaria de Segurança Pública

Foto: Foto: Rodrigo Ziebell/GVG
Desde quinta-feira, equipe do canil do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) de Santa Maria ajudava nas buscas pelos dois bombeiros desaparecidos nos escombros do prédio da Secretaria de Segurança Pública (SSP) em Porto Alegre


Foto: Rodrigo Ziebell/GVG Desde quinta-feira, equipe do canil do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) de Santa Maria ajuda nas buscas pelos dois bombeiros desaparecidos nos escombros do prédio da Secretaria de Segurança Pública (SSP) em Porto Alegre

O governo do Estado avalia estruturas nos escombros do prédio da Secretaria de Segurança Pública (SSP) em Porto Alegre, para avançar nas buscas pelos dois bombeiros desaparecidos após o incêndio que aconteceu na última quinta-feira. Já no primeiro dia de buscas, foram enviados 10 bombeiros da Companhia Especial de Busca e Salvamento (CEBS) e cinco binômios, nome que se dá à dupla entre militar e cão, que são da própria CEBS e do 4º BBM, de Santa Maria, que atuaram nos escombros enquanto as guarnições de combate a incêndio realizavam o rescaldo. Na tarde deste domingo, a equipe segue na capital gaúcha acompanhando as buscas.

Buscas pelos bombeiros desaparecidos após incêndio continuam neste sábado

O trabalho de busca e resgate no prédio conta com 84 bombeiros militares. Foram abertos dois acessos na edificação, com duas rotas de trabalho, que atuam de forma simultânea na incursão pela área delimitada a partir das indicações dos binômios com cães de resgate. A operação do CBMRS também mantém monitoramento constante das condições climáticas na área, para garantir a segurança do efetivo, bem como o trabalho contínuo de análise de engenharia da estrutura colapsada. 

Uma eleição que ultrapassou o arco da universidade

As equipes fazem avaliaçõesestruturais a cada passo do avanço na remoção de material do perímetro que já foi delimitado pelas equipes de binômios. Na reunião de sábado pela manhã entre integrantes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado (CBMRS) e engenheiros de entidades públicas e privadas, foram apresentadas as ações de combate ao fogo e de busca e resgate realizadas até o momento, atividade que permanece 24 horas em andamento. Quem coordena os trabalhos de busca no terreno é o tenente-coronel Eduardo Estevam Rodrigues, comandante do 1° Batalhão de Bombeiros Militar de Porto Alegre. Os engenheiros também foram apresentados às equipes de operação e fizeram um reconhecimento da área de escombros no prédio.


Foto: Secretaria de Segurança Pública

Além de engenheiros peritos do Instituto-Geral de Perícias (IGP) e de servidores da Secretaria de Obras e Habitação do Estado (SOP), participaram profissionais do Laboratório de Ensaios e Modelos Estruturais (Leme) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul (Crea-RS), do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (Ibape), da Defesa Civil Municipal e do curso de Engenharia da Unisinos. Também estavam presentes profissionais da iniciativa privada com reconhecida experiência e conhecimento do trabalho em estruturas colapsadas.

A Defesa Civil Estadual providenciou a instalação de barracas para servir de base ao trabalho dos engenheiros no pátio da SSP. Também permanece a ação integrada de apoio, empenhado desde o momento do incêndio, por parte da Secretaria da Segurança Municipal, da Defesa Civil Municipal, da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) de Porto Alegre e da Brigada Militar, para garantir a segurança no perímetro das operações.

Antes do início da reunião, o tenente-coronel Estevam reuniu o efetivo do CBMRS presente no terreno para reforçar as orientações de trabalho e o espírito de total entrega na missão de busca. Em formação, os bombeiros militares prestaram continência e uma salva de palmas em respeito à bravura primeiro-tenente Deroci de Almeida da Costa e do segundo-sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, reforçando o compromisso de permanecer nas buscas até localizá-los.

(Com informações do Governo do Estado do Rio Grande do Sul)


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190