investigação

Presos da Operação Detroit são suspeitos por pelo menos 12 assaltos em Santa Maria

Segundo a polícia, suspeitos se revezavam para roubar pedestres e estabelecimentos comercias na Região Oeste

18.398

Foto: Fabricio Minussi (Bei)
As prisões dos suspeitos foram realizadas na Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm), onde três investigados já s encontravam recolhidos por outros crimes, e numa residência na Vila Prado.

A Polícia Civil segue com as investigações de uma operação da semana passada. Agentes da 2ª Delegacia de Polícia (DP) trabalham para apurar a atuação de pelo menos cinco suspeitos (quatro homens e uma mulher). Eles são suspeitos de integrar uma quadrilha que praticava roubos a pedestres na região oeste de Santa Maria.

Todos foram presos durante a Operação Detroit, desencadeada na última quinta e sexta-feira. De acordo com o delegado Marcelo Arigony, os investigados teriam se revezado em pelo menos 12 roubos praticados a pedestres e estabelecimentos comerciais num intervalo de um mês. Uma câmera de segurança captou as imagens de um dos roubos, praticado próximo à rótula da Avenida Maestro Barbosa Ribas.

- A investigação corre nesse sentindo. Seguimos apurando a atuação desses indivíduos em pelo menos doze roubos - disse o delegado Arigony.

Homem é assassinado a tiros em Santa Maria

As investigações começaram no dia 21 de setembro, quando a 2ª DP começou a receber registros de roubo a pedestres sendo praticados por ocupantes de um Corsa Sedan de cor clara. Somente nesse dia, teriam sido praticados quatro roubos entre 6h e 12h.  

Todos os casos foram registrados na região oeste da cidade, nos bairros Alto da Boa Vista, Passo D'Areia e na rótula da Avenida Maestro Barbosa Ribas.

De acordo com a investigação, a polícia já havia conseguido identificar o responsável pelos ataques às vítimas. Ele está entre os presos preventivamente na semana passada. O reconhecimento dele como autor dos roubos se deu por meio de fotografias, visto que o investigado já possui passagens pela polícia.

Polícia prende procurado por estupro de vulnerável

Um sexto integrante da quadrilha, que seria o motorista do carro usado nos roubos, está colaborando com a polícia e, por enquanto, responde a inquérito em liberdade.  

As prisões dos suspeitos foram realizadas na Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm), onde três investigados já encontravam recolhidos por outros crimes, e numa residência na Vila Prado. O local servia como ponto de encontro onde os investigados se organizavam e se revezavam para cometer os roubos.

Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e apreendidos vestuários e uma mochila utilizada para praticar os assaltos.

Jovem morre afogado em Nova Esperança do Sul

Todos os investigados, segundo a polícia, possuem antecedentes por roubo, tráfico de drogas, entre outros.  

Os homens presos têm 34, 28, 27 e 23 anos. Eles foram recolhidos à Pesm. A mulher presa, que é companheira de um dos investigados, tem 39. Ela foi levada ao Presídio Regional de Santa Maria (PRSM). Ainda de acordo com o delegado Arigony, o inquérito deverá ser relatado nos próximos dias.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190