investigação

Operação Detroit prende cinco pessoas na região oeste de Santa Maria

Ação da Polícia Civil investiga quadrilha que roubava motoristas e estabelecimentos comerciais na região oeste de Santa Maria

18.398

Foto: Fabricio Minussi (Bei)

Polícia Civil deflagrou, na manhã desta sexta, a Operação Detroit, que investiga a ação de uma quadrilha que roubava motoristas e estabelecimentos comerciais na região oeste de Santa Maria. Ao todo, foram cinco prisões desde a quinta-feira.

Dois jovens, de 18 e 28 anos, e uma mulher, de 39, foram presos preventivamente. Outro suspeito, de 27, que já cumpre pena na Penitenciária Estadual de Santa Maria, também é investigado pelos crimes. 

VÍDEO: homem é detido com mais de 34 mil dólares nas meias

Na tarde de quinta-feira, um jovem, de 23 anos, já havia sido preso no Loteamento Cipriano da Rocha no Bairro Pinheiro Machado. De acordo com a Polícia Civil, a quadrilha utilizava um Corsan Sedan para praticar os crimes. 

Motorista é baleado na axila na Região Oeste

A operação foi realizada pelo 2º Delegacia de Polícia (2ªDP) de Santa Maria, sob o comando do delegado Marcelo Arigony, com o apoio da Delegacia de Polícia de Homicídios de Proteção à Pessoa (DPHPP). Ao todo, 10 agentes participaram da ação.

As investigações começaram no dia 21 de setembro, quando a 2ª DP começou a receber registros de roubo a pedestres sendo praticados por ocupantes de um Corsa Sedan de cor clara. Somente nesse dia, teriam sido praticados quatro roubos entre 6h e 12h.

Exumação reforça suspeita de idosa ter matado mãe e marido

Todos os casos foram registrados na região oeste da cidade,  nos bairros Alto da Boa Vista, Passo D'areia e na rótula da Avenida Maestro Barbosa Ribas. A investigação tomou corpo a partir da identificação do dono do veículo que seria utilizado nos roubos.

O proprietário do carro, ao ser interrogado, teria, segundo a polícia, admitido que seria o motorista dos autores dos roubos. Ele está colaborando com a investigação e, por enquanto, responde inquérito em liberdade.

Doze são presos por ocupar condomínio popular em Viamão

O veículo foi apreendido pela Brigada Militar (BM). Mesmo assim, sem o carro, os suspeitos, segundo a investigação, passaram a cometer os crimes a pé. A investigação aponta que a residência onde um jovem e uma mulher foram presos, nesta sexta-feira, seria utilizada como ponto de encontro dos suspeitos, que se revezavam numa espécie de escala para cometer os crimes.

- Foram pelo menos 12 assaltos num intervalo de 30 dias. Com as prisões desta sexta, esperamos ter uma redução drástica nos assaltos praticados na região oeste da cidade - disse o delegado Arigony.

Ambulantes jogam frutas em fiscais durante abordagem

Os três presos nesta manhã foram apresentados na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA). Após, os suspeitos foram levados para a Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm). A mulher, foi conduzida ao Presídio Regional de Santa Maria (PRSM).



fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190