contatos Assine
investigação

Inquérito responsabiliza adolescente por estupro de criança de 3 anos em abrigo de Santa Maria

23 Fevereiro 2019 14:56:00

A investigação já foi concluída e, em um primeiro momento, não apontou negligência por parte do abrigo

da redação*

ATUALIZADA às 14h51min do dia 25 de fevereiro de 2019.

A Polícia Civil responsabilizou um adolescente, após conclusão de inquérito que investigava uma denúncia de abuso sexual dentro de um abrigo em Santa Maria. Conforme o delegado regional Sandro Meinerz, um adolescente de 13 anos teria violentado uma menina de 3 anos. 

O caso é apurado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). Segundo Meinerz, a investigação foi remetida ao Poder Judiciário e apontou que o adolescente é responsável pelo abuso. Por tratar-se de um caso que envolve crianças e adolescentes, informações que identifiquem vítima e infrator não são reveladas.

Família tem casa destruída pelo fogo em Faxinal do Soturno

- Como é um caso delicado, que envolve crianças que já estão em situação de vulnerabilidade, pois não estão com a família, tomamos todos os cuidados possíveis ao lidar com essa situação - conta.

De acordo com Meinerz, a criança recebeu atendimento médico após o ocorrido. Já o adolescente deve receber uma medida socioeducativa aplicada pelo Juizado da Infância. O delegado não informou para onde a criança, nem o adolescente foram levados após o ocorrido. Ele também não informou quando o abuso teria ocorrido.

- O que a gente teve nos últimos dias foi uma grande onda de boatos na cidade, dizendo que teriam acontecido muitos casos de abuso nesse abrigo. Mas, o que chegou até a polícia foi só esse caso. Se houver registro de mais abusos, pedimos que as pessoas façam a denúncia junto à Polícia Civil para que tenhamos conhecimento - afirma o delegado.

Família procura por adolescente que desapareceu a caminho da escola em Santa Maria

O delegado reitera que, no inquérito remetido ao Judiciário, não foi detectada negligência por parte do abrigo. 

Denúncias de casos de abuso sexual a crianças podem ser feitas pelo número 197 ou ainda diretamente na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) (R. Serafim Valandro, 360).

A casa de acolhimento onde o fato teria acontecido é uma instituição sem fins lucrativos. Procurado pelo Diário, o abrigo informou que não vai se manifestar sobre o caso. 

Nesta segunda-feira, o Diário entrou em contato com o Ministério Público de Santa Maria e com a assessoria, em Porto Alegre. Por telefone, a reportagem foi informada de que o caso corre em sigilo e que não iria se manifestar.

*Colaborou Janaína Wille


fale conosco

redação
leitor@diariosm.com.br
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
atendimento@diariosm.com.br
ouvidoria@diariosm.com.br
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190