operação

Homem é preso suspeito em Santa Catarina de furtar joalheria

Crime aconteceu em maio no centro de Santa Maria

18.398


Foto: Core/Polícia Civil - SC
Segundo a polícia, suspeito preso nesta segunda-feira seria um dos líderes da organização criminosa que teria cometido o furto em maio de 2020 

Um homem de 39 anos foi preso pela Polícia Civil (PC) de Santa Catarina na manhã desta segunda-feira. Ele é suspeito de ser um dos líderes de uma organização criminosa responsável pelo arrombamento e furto da ótima Silvio Joalheiro em maio de 2020. Segundo a polícia, na ocasião, os criminosos teriam levado cerca de R$ 2 milhões em jóias, relógios e óculos. 

Após saberem do mandado de prisão expedido pela justiça santa-mariense, os policiais catarinenses passaram a monitorar a casa em que o suspeito morava, no Bairro dos Ingleses, em Florianópolis. Ele foi preso enquanto deixava o local. Na residência, os policiais apreenderam diversos apetrechos utilizados no furto.

Desentendimento teria motivado assassinato em São Gabriel

Segundo o delegado Carlos Alberto Dias Gonçalves, titular da 1ª Delegacia de Polícia (DP) que investiga o caso, o homem preso é um dos cabeças do bando. Ele já havia sido preso em Santa Catarina por receptação com alguns objetos que haviam sido furtados da ótica.

- Ele foi preso com alguns objetos furtados, mas foi liberado pouco tempo depois. Estamos investigando a participação de mais pessoas. Calculamos que entre sete e oito pessoas participaram da ação. Já identificamos outros integrantes da quadrilha e a investigação segue em andamento - disse o delegado.

Foragido é recapturado pela Brigada Militar em Camobi

O arrombada aconteceu entre os dias 16 e 17 de maio do ano passado na loja da Rua do Acampamento, mas o crime só foi descoberto na segunda-feira, 18, quando os funcionários chegaram para trabalhar. Toda ação foi gravada pelas câmeras de monitoramento da ótica, e o material foi encaminhado à polícia.    

Policiais da Diretoria de Inteligência (DI) e também da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil de Santa Catarina efetuaram a prisão do suspeito. 


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190