violência

Casal é assassinado a facadas na frente da filha em Santa Maria

Os suspeitos já foram identificados e presos. Caso aconteceu na região norte da cidade

18.398
Foto: Foto: Maurício Barbosa (Bei)


Foto: Maurício Barbosa (Bei)

Um casal foi morto a facadas na noite de quinta-feira após discussão com vizinhos em Santa Maria. O caso aconteceu por volta de 22h30min, na ocupação da Ernesto Beck, no Bairro Divina Providência, região norte da cidade. As vítimas foram identificadas como Sérgio da Silva Lucas, 52 anos, e a companheira, Juliana da Silva, 34 anos. 

Três pessoas ficam feridas em acidente entre carro e viatura da Brigada Militar

O crime aconteceu na localidade conhecida como Beco da Babilônia. De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA), os suspeitos também já foram identificados e presos. São eles um jovem, de 26 anos, e uma jovem, de 23 anos.

O casal de suspeitos foi localizado por uma guarnição da Brigada Militar (BM) que fez buscas logo após o comunicado da ocorrência ao telefone 190. Os dois foram abordados e identificados na região onde aconteceram os crimes, na Rua L, Vila Brenner, próximo a uma creche. Segundo a ocorrência, ambos estavam com as roupas sujas de sangue.

Uma filha de Juliana, de 18 anos, também ficou ferida em um dos braços ao tentar apartar a discussão. Ela foi levada ao Pronto-Atendimento (PA) do Patronato, onde foi medicada. No local, a jovem relatou à polícia que a morte do casal teria acontecido devido a uma discussão banal e que já havia um histórico de desavenças entre os vizinhos.

A DISCUSSÃO
A filha de Juliana relatou aos policias que estava regando flores em frente de casa, quando teria escutado a suspeita do crime proferindo ofensas para a mãe. A discussão teria continuado, e logo houve o envolvimento de Sérgio e do suspeito do crime. Em seguida, teriam sido efetuadas as agressões, que terminaram com a morte do casal. Quando a BM chegou ao local do crime já encontrou o corpo de Sérgio caído ao chão, com sinais de facadas pelo corpo. Juliana chegou a ser encaminhada com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos. Ela foi atingida com facadas no pescoço, abdômen e tórax.

Caminhoneiro de Santiago morre em acidente na ERS-342

Servidores do Instituto Geral de Perícias (IGP) foram acionados. O cenário do crime foi isolado para a realização da perícia técnica. Foram apreendidas três armas brancas: um facão de de 35 centímetros de comprimento, uma faca e uma lâmina suja de sangue. A lâmina estava ao lado do corpo de Sérgio. O facão foi encontrada em frente a casa dos autores do crime e a faca, nos fundos da residência. 

LEGÍTIMA DEFESA
Após serem autuados pela delegada plantonista Elizabete Shimomura, o suspeito, de 26 anos, foi levado para a Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm) e a suspeita, de 23, para a ala feminina do Presídio Regional de Santa Maria (PRSM). Os dois alegam legítima defesa.

Na ocorrência registrada na DPPA consta a informação de que um adolescente de 16 anos, filho de Juliana, também foi agredido com um no rosto.

Com a morte do casal a cidade já registra 35 assassinatos em 2020.


fale conosco

redação
[email protected]
(55) 3213-7100
(55) 99136-2472
(WhatsApp)
Endereço
Faixa Nova de Camobi, 4.975, Bairro Camobi, CEP 97105-030, Santa Maria - RS

redes sociais
facebook
instagram
twitter
youtube

 


para assinar
(55) 3213-7272
diariosm.com.br/assinaturas

central do assinante
(55) 3213-7272
(55) 99139-5223
(WhatsApp, apenas falhas de entrega)
[email protected]
[email protected]
chat

para anunciar
(55) 3213-7187
(55) 3213-7190